sábado, 22 de março de 2014

*Cada um dentro do seu próprio cotidiano deve buscar a sua justa medida. Uma sintonia sutil entre si mesmo e o mundo. Acolher, expandir e recolher-se a sua própria significância.

{foto s/ créditos}

Nenhum comentário:

Postar um comentário