quarta-feira, 16 de abril de 2014

De: Paulo Caldas Neto

Caros amigos,
Dia 23 de abril, quarta-feira, SESSÃO DE AUTÓGRAFOS, Livraria Cooperativa Cultural. Espero todos lá a partir das 18h00min. Os livros seguem abaixo como um poema e um trecho dos livros ANTOLOGIA 15 POETAS DO RN e DO PICADEIRO AO CÉU: O RISO NO TEATRO DE ARIANO SUASSUNA. Conto com vocês! Abraços.
CALIDOSCÓPIO
À poetisa Lisbeth Lima de Oliveira.
O quintal
O pomar
O açude
A cerca
O gado na pastagem.
Toda viagem neste Reino é um livro aberto,
com paragens insólitas nos mundos da minha lembrança.
De tão Vasto, é Eclipse;
De tão dormente, é permanência.
Eu já não visto a poesia,
ela me veste.
Traiçoeira, é fita de seda;
breve, orvalho em romã morta;
singela, café feito em forno de lenha.
Sua sinfonia de veludo faz-se concerto em meu peito,
lume em um candeeiro,
cume de uma Torre Eiffel-serrana.
...........
"Paulo Caldas Neto não é um neófito no mundo literário. Em 2012, publicou o ensaio NO VENTRE DO MUNDO, vencedor do Prêmio Literário Eulício Farias de Lacerda, promovido pela União Brasileira de Escritores (UBE/RN). Esta novel publicação apresenta um autor maduro - não obstante seus 32 anos - que se insere no panteão dos grandes escritores norte-rio-grandenses. Com DO PICADEIRO AO CÉU - O RISO NO TEATRO DE ARIANO SUASSUNA, Paulo Caldas preenche a lacuna no estudo da vertente cômica suassuniana. Ganha a literatura e os aficionados da obra cômica do renovador do teatro popular nordestino."
[PAULO JORGE DUMARESQ, jornalista, autor teatral e membro da Associação dos Dramaturgos do Nordeste (ADN) e da União Brasileira de Escritores (UBE/RN).]

Nenhum comentário:

Postar um comentário