quarta-feira, 9 de abril de 2014

Só, no silêncio cercado pelo som brusco do mar,
Quero dormir sossegado, sem nada que desejar,
Quero dormir na distância de um ser que nunca foi seu,
Tocado do ar sem fragrância da brisa de qualquer céu.
Fernando Pessoa.

De: Yara Darin


Nenhum comentário:

Postar um comentário