terça-feira, 5 de agosto de 2014

CULTURA:

NOMES DE ORIGEM INDÍGENA POTIGUAR
ACAUà- Ave da família dos Falcônidas (Herpethotherus cachinnans lin.) Espécie de gavião que mata cobras e sustenta com elas os filhos, deixando a carcaça pendurada junto ao ninho. Daí a frase no sertão: "Quem briga com cobra é acauã"
Do tupí: a-ca-uã - voz onomatopaica derivada do canto dessa ave. Também conhecida por cauã, acanã, macaá, macaná, macaguá e uacauã. Os guarani davam-lhe o nome de maranguá ou macucangá. 
Segundo Batista Caetano é a ave protetora dos índios pois ataca e devora as cobras. O canto da acauã é sinal de bom inverno no sertão. Durante a seca o agricultor ao ouvir o canto da mesma exclama: "Canta, acauã, canta acauã de Nossa Senhora". Quando chegam as chuvas e o açude ameaça arrombar, ele ainda canta, porém diferentemente:"Para acauã, para acauã fia da égua"
Nome de famoso estabelecimento comercial no interior do Rio Grande do Norte. Área do Assu*, onde vendem um delicioso tucunaré preparado de várias maneiras.

*DO BLOG: A comunidade ACAUÃ se localiza no município do Itajá. 
Fonte: Contribuição Indigena à Fala Norte-Rio-Grandense - Protásio Pinheiro de Melo.
Foto: O MZUFV.
Do blo: Assu na ponta da língua, de Ivan Pinheiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário