terça-feira, 26 de agosto de 2014

SOBRE O ASSU III

Casa de Caridade e padre Ibiapina

Por Fernando Caldas

A Casa de Caridade foi fundada pelo padre José Antônio de Maria Ibiapina , no ano de 1876 Ele, Ibiapina, era formado pela Faculdade de Direito do Pernambuco, deputado geral pelo Ceará, “decepcionado abandonou a vida civil para seguir o catolicismo. Aos 47 anos iniciou uma obra missionária visitando várias regiões do nordeste”.

Gilberto Freire de Melo depõe que Ibiapina era a maior figura na igreja católica no Brasil.”

A casa de Caridade foi uma das primeiras instituições de caráter filantrópico, de Assu. Aquela Casa para Câmara Cascudo fazia inveja a Natal porque não tinha uma igual. Era instalada onde hoje funciona o Instituto que leva o seu nome.

Conta-se que aquele missionário foi chamado para pregar no Assu onde fez grande colheita com proveitos maravilhoso, Achando o lugar próprio e conveniente, instituiu uma casa de caridade, que deixou em boa posição e bem dirigida.”

Sinhazinha Wanderley, poetisa e educadora depõe a Walter Wanderley, transcrito no livro sob o título Família Wanderley, 1965, tem outra versão a respeito da criação da Casa de Caridade: "no local do instituto existiu uma casa já muito antiga e que foi mandada edificar pelo padre Ibiapina. Contava-se deste padre que estivera a morrer num naufrágio e ao passar por Macau fizera votos de fundar uma casa de Caridade no primeiro ligar a que chegasse. E foi o Assu justamente esse lugar. Dita Casa de Caridade tinha como superiora Irmã Tereza e as irmãs Leobarda, Dionízia, Felipa, etc. A Casa recebia mocinhas pobres, órfãs, que ali ficavam até a idade do casamento. Ao atingirem a essa idade, o Procurador da Casa escolhia um rapaz honesto, bom cristão e trabalhador. Eram os dois levados à sala nas presenças do Procurador e da superiora e, se os dois se agradavam, o casamento era feito às expensas da Casa... A Casa recebua doentes, cadáveres, que amortalhavam, deixando-os à noite na Capela, velados por duas recolhidas que o faziam com muito medo. A Casa dava ensinamentos de flores, labirintos e bordados..."


No fundo da fotografia (esquerda) acima, podemos conferir a dita Casa de Caridade, atual Instituto Padre Ibiapina..


Padre Ibiapina

Nenhum comentário:

Postar um comentário