domingo, 11 de janeiro de 2015


Não sabia o teu nome, nem quem tu eras... E ainda hoje não sei, - Mas para quê saber isso?, se sei,

- O que me és.

__ Luís Santos __

Imagem: © Lita Pratikto


Nenhum comentário:

Postar um comentário