sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

Natal (RN) é destino premiado em Aspectos Sociais no turismo



by vivernatal

Ministério do Turismo seleciona e reconhece municípios com maior evolução no Índice de Competitividade do Turismo Nacional

Gustavo Henrique Braga

Natal (RN) foi premiada pelo Ministério do Turismo e o Sebrae, por registrar a maior evolução no quesito Aspectos Sociais do Índice de Competitividade do Turismo Nacional 2014, pesquisa do Ministério do Turismo em parceria com o Sebrae Nacional e a Fundação Getúlio Vargas. A série histórica do levantamento, que começou em 2008, avalia anualmente o nível de desenvolvimento de 65 destinos considerados indutores do turismo regional. A pesquisa mede avanços em 13 critérios relacionados à atividade turística.

A cidade registrou progresso de 12,8 pontos no indicador Aspectos Sociais, ao melhorar a nota de 43,4 para 56,6. Com isso, a capital potiguar é a 43ª colocada da lista neste quesito, cuja média nacional é de 59,7 pontos. A primeira colocada é Balneário Camboriú (SC), com 83,4 pontos. Dentro da dimensão Aspectos Sociais são avaliadas variáveis como acesso à educação, empregos gerados pelo turismo, política de enfrentamento e prevenção à exploração sexual infanto-juvenil, uso de atrativos e equipamentos turísticos pela população, cidadania, sensibilização e participação na atividade turística.

Na avaliação do secretário nacional de Políticas de Turismo do MTur, Vinicius Lummertz, um dos papéis do turismo como atividade econômica é "a criação de oportunidades e diminuição das desigualdades, meta que deve ser perseguida com dedicação pelos destinos, guardados os devidos desafios particulares de cada região".

Entre as ações que levaram a cidade a conquistar o prêmio, destaca-se o projeto Educar para o Turismo, criado para estimular o turismo pedagógico de estudantes da rede municipal por meio da visitação dos pontos turísticos da cidade acompanhados por guias especializados e professores. Também contribuiu para melhorar a pontuação de Natal a aplicação de programa específico de prevenção à exploração sexual de crianças e adolescentes no turismo, que conta com o apoio da iniciativa privada do terceiro setor e do poder público.

O ESTUDO - No índice geral de competitividade, Natal está posicionada em 25º lugar, com 65,1 pontos. As variáveis consideradas pela pesquisa são: Infraestrutura Geral, Acesso, Serviços e Equipamentos

Turísticos, Atrativos Turísticos, Economia Local, Capacidade Empresarial, Aspectos Ambientais, Marketing, Políticas Públicas, Cooperação Regional, Monitoramento, Aspectos Sociais e Aspectos Culturais. O primeiro relatório do Índice de Competitividade do Turismo Nacional foi apresentado em 2008 e a versão de 2014 é a sexta da série histórica.

Fonte: Ministério do Turismo

Nenhum comentário:

Postar um comentário