segunda-feira, 16 de março de 2015


Eu cuido de ti,
E tu cuidas de mim.
A minha alma,
Procura por ti.
Só tu,
Sabes a maneira,
Como me transformar,
No melhor de mim.
Deposito em ti,
Todas as minhas certezas.
Gosto disso.
Gosto de ti,
Pelo que me fazes ser.
Fazes-me refletir,
Crescer.
Roubas-me sorrisos.
Gosto disso.
Abraças-me,
Com o coração,
Despes-me,
Com um sorriso.
Gosto disso.
Em silêncio,
Gritas.
Estás longe,
Mas tão perto.
Eu sinto,
Que nasceste,
Para me amar.
Gosto disso.
É a ti,
Que eu quero.
Com mil verdades!
Com a determinação,
Que sempre tive.
Queres sonhar comigo?
Ser a minha paz?
O meu colo.
Seremos nós,
E nada mais.
Olhos nos olhos,
Gosto de te escrever.
Avaliar posturas,
Dúvidas,
Ansiedades,
E nervosismos.
Gosto disso.
Adoro,
Que sejas uma bandida,
Com cara de menina.
Gosto disso.
Gosto acima de tudo,
Aquilo que ainda,
Poderemos ser.
Tu não sabes,
Mas tu tornas grande,
O meu pequeno mundo.
E eu gosto tanto disso.
___ José Morais

Nenhum comentário:

Postar um comentário