sexta-feira, 10 de abril de 2015

De máscara disfarçada, tapa a cara.
Uma que oculte toda a tristeza,
que disfarce toda a ansiedade. 
Uma máscara que dê cor,
que te facilite o caminho,
que acalme o tremor
e esconda toda a dor.
Cristina Costa

Nenhum comentário:

Postar um comentário