sexta-feira, 15 de maio de 2015

Dilma manda equipe acelerar busca por nova fórmula para aposentadoria


Do BOL, em São Paulo
Dilma Rousseff determinou que sua equipe acelere as negociações com as centrais sindicais para tentar definir uma nova fórmula de aposentadoria que entre no lugar do atual fator previdenciário. As informações são do jornal Folha de S.Paulo.
Com a derrota do governo na Câmara, que aprovou uma emenda provisória no pacote fiscal promovido pelo governo, a presidente decidiu antecipar o debate com sua equipe, que estava previsto para junho.
A emenda aprovada pelos deputados criou uma alternativa ao fator previdenciário: a fórmula 85/95, que une a soma da idade com o tempo de contribuição que mulheres e homens deveriam atingir para ter uma aposentadoria melhor, sem o corte das regras atuais.
O governo tentou convencer os deputados a não aprovar a emenda com o argumento de que havia acertado com as centrais a criação de um fórum para debater um substituto do atual fator previdenciário.
O temor do Executivo é que, caso a nova fórmula entre em vigor, a tendência de muitos trabalhadores seria adiar suas aposentadorias para se enquadrar na nova regra, que garantiria um valor maior ao benefício.
Além disso, a área econômica é contra porque, no médio e no longo prazo, o custo do novo modelo é alto, o que desequilibraria as contas da Previdência.
(Com informações do jornal Folha de S.Paulo)
Leia mais em: http://zip.net/bdrgvk

Nenhum comentário:

Postar um comentário