terça-feira, 12 de maio de 2015

Faz-me acreditar,
que mesmo sem asas,
ainda posso voar.
Cristina Costa

Nenhum comentário:

Postar um comentário