sexta-feira, 10 de julho de 2015

A tarde padeceu. A tarde é triste.
Guarda gemidos para cada volta...
É triste o grito que o canário solta
Quando a chegada de uma tarde assiste...

______________João Lins Caldas, Natal 7.4.1909.


Nenhum comentário:

Postar um comentário