sábado, 12 de setembro de 2015

SORTE MESQUINHA


Waldemar Campielo Maresco e João Teixeira Filho foram prefeitos do município de Carnaubais. Por sinal, bons administradores da terra carnaubaense. Pois bem, o ex-vereador daquele município, o ativista político e blogueiro Aluízio Lacerda conta em seu blog (que leva o seu nome) que na década de 70 o poeta varzeano Alípio Tavares desencantado com a falta de atenção dos poderes constituídos à época em Carnaubais quando estava realizando uma cantoria de pé de parede, vendo a fraqueza dos políticos que não compareciam com sua contribuição ao prato exposto na sala, fez um verso de despedida em tom de desabafo:

Carnaubais quando era Vila
Alguma coisa ainda tinha
Depois que passou a cidade
Entrou numa sorte mesquinha
É saindo Valdemar 
Entrando Teixeirinha


Para risos dos circunstantes.

Fernando Caldas

(Do blog: A estória acima não tem a intenção de denegrir a memória daqueles ex-prefeitos de Carnaubais chamados Waldemar e Teixerinho. Tem apenas, o sentido humorístico).


Nenhum comentário:

Postar um comentário