segunda-feira, 12 de outubro de 2015

João  Batista Amorim ou "Cabeludo" como era chamado na intimidade, era o tesoureiro da Prefeitura Municipal do Assu, na administração de Walter de Sá Leitão ou de Sebastião Alves Martins. João Marcolino de Vasconcelos mais conhecido como "Seu" Lô, era o assessor jurídico daquela munipalidade, ao tomar conhecimento que Cabeludo passaria a morar em Natal, escreveu a decima trancrita abaixo, para o nosso deleite:

Não sei se leva dinheiro
Dos cofres da prefeitura
Para uma nova aventura
Vai embora o tesoureiro
Este fato é verdadeiro
Na cidade é comentado
Disse-me hoje alarmado
O homem que sabe de tudo
Vai embora o cabeludo
Deixando muita saudade

Nenhum comentário:

Postar um comentário