segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

PROJETO DE LEI VISA INSTITUIR COMENDA POÉTICA RENATO CALDAS

COMENDA
Como forma de reconhecimento às pessoas que produzem poemas nos mais variados estilos no Rio Grande do Norte e buscando o incentivo à produção e a valorização dessa cultura tão representativa em solo potiguar, o deputado George Soares (PR) protocolou na Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, na penúltima sessão ordinária deste ano, Projeto de Lei que institui a Comenda Poética Renato Caldas.
“É importante destacar que a Comenda Poética Renato Caldas se destina à produção literária exclusivamente na modalidade poética, de modo que todas as demais vertentes literárias e, mais ainda, todas as demais formas de produção cultural não serão contempladas com esse distintivo. A comenda não prejudicará em qualquer hipótese a concessão da Medalha Cultural Câmara Cascudo, que continuará a ser concedida normalmente, segundo seus próprios critérios”, justifica o parlamentar.
O patrono da Comenda, Renato Caldas, nasceu em Assu no dia 8 de outubro de 1902, filho do casal Enéas da Silva Caldas e Neófita de Oliveira Caldas. Poeta consagrado projetou-se no cenário cultural e rompeu fronteiras, adotando para os seus versos, com naturalidade, o gênero matuto, estilo que lhe rendeu glórias e proporcionou respeito no meio literário, levando o nome da sua terra natal aos mais apartados rincões do País.
“Renato Caldas foi o poeta de Fulô do Mato (sete edições), Poesias, Meu Rio Grande do Norte e Pé de Escada, este último em parceria com João Marcolino de Vasconcelos”, destaca o deputado propositor.
A Comenda será entregue anualmente, a no máximo seis poetas, com relevante atuação em qualquer um dos gêneros de criação poética. Pela proposta a comenda será entregue em sessão solene da Assembleia Legislativa no dia 14 de março, – Dia da Poesia -, ou em data útil subsequente.
ALRN

Nenhum comentário:

Postar um comentário