sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Cantos e Encantos do meu lugar

Já dizia o poeta:
Minha terra tem palmeiras, onde canta o sabiá,
Mas também canta canário, concriz e golinhas a piar
Canta galo, canta galinha e Manoel Raposo a cantar
De jeito meio jocoso, nas noites do meu lugar.
Canta o rio sereno, no seu leito a dormitar
Enquanto não vem a cheia que faz a barragem transbordar
Canta Gilmar, Guilherme e Glorinha para todos encantar,
Canta Deusneide e Silvana, está Allan Dantas a cantar
Tem canto por todo lado, deste Assú que é meu lugar.
Vejo Delzi Campelo o seu sax a tocar,
Em notas harmoniosas que se perdem pelo ar,
Juquinha com sua flauta vem o povo abrilhantar,
A banda Cristovão Dantas já está tomando lugar,
E no centro do Assú a festa vai começar.
Canta também Ajezano, com seu violão a soar
Em notas harmoniosas, de amor ao meu lugar
Canta as árvores, canta o vento, canta pássaros a murmurar
Dizendo que nada mais belo há
Que o cantar do meu lugar.

Francisco Costa, membro da Academia Assuense de Letras

Nenhum comentário:

Postar um comentário