domingo, 7 de fevereiro de 2016

Ministro do STJ é suspeito de venda de sentença

POR LAURO JARDIM

José Cruz
Além de Benedito Gonçalves, outro ministro do STJ passou a ser formalmente investigado no STF a partir de indícios que apareceram na Lava-Jato.
O inquérito, que está em segredo de Justiça, apura a suspeita de venda de sentenças.
Embora tenha aparecido em meio à Lava-Jato, não se trata de Petrobras.

http://blogs.oglobo.globo.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário