terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

Rui Falcão assume defesa de Lula: 'Nunca um ex-presidente foi tão caluniado'

 
A partir da iniciativa do presidente nacional do PT, Rui Falcão, o partido deve iniciar uma série de ações no sentido de fazer a defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.
 
No sábado (07), em nota publicada no site do PT, Falcão afirma que nunca no Brasil um ex-presidente foi 'tão caluniado, difamado, injuriado e atacado como o companheiro Lula'. Para ele, há uma uma tentativa de linchamento moral e político de Lula, baseada em 'denúncias sem provas', 'como virou moda' nos últimos meses.
 
As críticas, segundo Falcão, são feitas por inconformados com a aprovação inédita que Lula tinha ao deixar o governo e partem de um 'consórcio entre a oposição reacionária, a mídia monopolizada e setores do aparelho de Estado capturados pela direita', que quer converter Lula em vilão.
 
'O legado de realizações a favor dos mais pobres, a elevação do Brasil no cenário mundial, os sucessos na educação, na saúde, nos programas sociais, na área da infraestrutura, em seus oito anos na Presidência, precisa ser destruído para que Lula não possa retornar em 2018. Ainda que ele nunca tenha dito que pretende voltar', diz o presidente do PT.
 
Na nota, afirma ainda que por mais que as explicações 'desmintam a farsa', a 'mídia conservadora prossegue com o massacre de mentiras': 'O dever da prova não é mais de quem acusa, mas de quem é acusado, delatado, caluniado. Como diz o professor Luiz Gonzaga Belluzzo, 'primeiro aponta-se o criminoso, depois vasculha-se o crime'. Falcão convocou a militância do PT e 'quem tem compromissos com a democracia' a combater o que chama de 'cerco criminoso' ao ex-presidente Lula.
 
Um fato que deve ser observado é que a defesa aguerrida que Rui Falcão faz em relação a Lula e os argumentos que ele utiliza, não valem para todos, inclusive para outros petistas. Caso do senador Delcídio do Amaral, que Falcão, mesmo sem conhecer as acusações, sumariamente o condenou.
 
Da Redação
 
 http://www.jornaldacidadeonline.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário