quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

Certa coisa que já fiz
Com uma jovem em segredo,
Revelar, até faz medo
Eu não digo, ela não diz
É que eu quis e ela quis
Só podia acontecer,
Mas, o bom é não dizer
Com que isso aconteceu...
Ela não diz e nem eu
Quem é que pode saber?

Luizinho Caldas, poeta glosador assuense

Imagem: http://dosesdeprosaseversos.blogspot.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário