quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

DUAS GLOSAS

Os poetas do Assu, principalmente aqueles glosadores (alguns ainda usam o pseudônimo de Poeta da Rua), não perdem as oportunidades para versejar, principalmente em época de eleições municipais. Essas duas glosas transcritas abaixo, ainda das antigas, que encontrei entre meus guardados é referente a Edgard Montenegro e Ronaldo Soares. Edgard fora candidato nas eleições de 1948 obtendo sucesso, e Ronaldo candidato nas eleições de 1982 obtendo vitória. Fica esse registro, para enriquecer a história e estória das campanhas políticas da terra assuense.Vejamos:

MOTE

Dê seu voto a Edgard
Sem temer decepção

GLOSA

Quando você for votar
Ao cumprir o seu dever,
Não tem outro parecer:
Dê seu voto a Edgard.
Na urna quando botar
A cédula de votação,
Praticou alta função
Sua vontade exercendo
Um candidato escolhendo
Sem temer decepção

MOTE

Ronaldo e José Wilson
Vão direto à Prefeitura

GLOSA

Eu digo alto e bom som
Sem temer contestação,
Terão grande votação
Ronaldo e José Wilson
Sem alterar o meu tom
Já percebo a esta altura
Ser a vitória segura
Pois tudo está a mostrar,
Pelo voto popular
Vão direto à Prefeitura

Postado por Fernando Caldas

Nenhum comentário:

Postar um comentário