terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Na cidade de Assu/RN existia até a década de setenta, uma Igreja Católica Apostólica Brasileira, criada no Brasil pelo carioca Dom Carlos Duarte Costa. Aquela igreja admite a pessoa se casar quantas vezes queira A igreja de Assu fora uma das primeiras fundadas no Brasil por Dom Alexandre Martins de Carvalho, natural de Assu. Era instalada à rua Manoel Montenegro e o seu padroeiro era São Francisco de Assis. Para se casar naquela igreja teria que fazer, antes da cerimônia, o pagamento em dinheiro. Pois bem, certa vez chegara naquela templo religioso, um casal do interior pernambucano para se casar com sua mãe que tinha enviuvado recentemente, para espanto do padre Alexandre que disse assim: - "Oh, Deus!Que absurdo, filho se casar com mãe! Não posso fazer este matrimônio por quinhentos cruzeiros!" – O moço não recuou, pelo contrário: - "Dom Alexandre, eu pago mil cruzeiros se o senhor fizer o nosso casamento!" – Dom Alexandre gostou da oferta, soltando essa: - "Filho, se casar com mãe, pode! O que não pode é filho se casar com pai!"

Fernando Caldas

Nenhum comentário:

Postar um comentário