sexta-feira, 21 de março de 2014

NO DIA MUNDIAL DA INFÂNCIA
A VELHA INFÂNCIA

Minha saudade tem um alvorecer
A cor é juá maduro.
No horizonte um sol sorrindo
Por trás da Serra Aguda
Lindos gorjeios de pássaros cantando.

Minha saudade
Tem sabor de bolo de fubá
De leite ao pé da vaca
Cheiro de café batido no pilão
Vontade de comer chapéu de couro.
Saudade minha da chuva
E de cheiro de curral.
A chuva no telhado
Tem goteira dentro de casa
Depois, brincar nas poças d'água
Barquinho de folha de caderno
A balaustrada é o caminho.

Marcos Calaça, jornalista matuto (UFRN)

Nenhum comentário:

Postar um comentário