domingo, 23 de março de 2014

O AMIGO

Na noite eu serei o amigo.
Como o vento, na noite,
Como a estrela, na noite,
Na noite eu serei o amigo.
mas perdoa ao amigo.
Uma noite haverá e daí para mais nunca em nenhuma outra noite
Em que eu já não serei o amigo.

JLCaldas
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário