sexta-feira, 23 de maio de 2014

NO TEMPO DAS REVISTAS EM QUADRINHOS

Ah! tempos que não voltam mais. Quanta saudade!
No início da década de 1970, na entrada do Cinema Paroquial, junto da porta de ferro, ficava a meninada vendendo ou trocando revistas variadas em quadrinhos. As mais procuradas eram as de faroeste. Era a diversão da garotada, pois juntava o cinema e as revistas como protagonistas: Zorro, Tarzan, Flecha Dourada, Búfalo Bill, Rocky, Roy Rogers, Durango Kid, Batman, Tex, Homem Aranha, Capitão América, Mandrake e outros mais. Lembro-me que a editora Ebal caprichava nos almanaques de algumas revistas, como Superman e Zorro.
O dinheiro era curto, mas meu pai comprava algumas revistas quando se deslocava a Natal para comprar medicamentos para a sua farmácia. Depois que eu as lia, fazia a troca de uma revista por outra com os interessados em lê-las. Outro sucesso era comprar, vender ou trocar negativos recortados de rolo de filme para colocar em monóculos e visualizar a imagem quando direcionada contra a luz.
Belas lembranças!
Marcos Calaça, jornalista (UFRN)


Nenhum comentário:

Postar um comentário