sexta-feira, 7 de agosto de 2015


Trem...
Cada chegada
Cada partida
As lagrimas marcam caindo na vida
Vai e vem sempre o trem
Ânsia na chegada que traz a esperança
Tristeza na partida que leva a saudade
Vai-se no Trem os cumprimentos
Sentidos dos opostos que vão de Trem
Portas que se abrem
A chegada aos vagões
Lançar-se em partida
Levantar-se em chegada nesta estação
O apito que marca a aproximação
Vem de chegada trazendo a paixão
Vai de partida em busca do horizonte
Ligando os sentimentos de feliz e triste
As inda e vindas que a vida propõe
Nos trilhos tão certos desliza a composição
As chegadas e partidas
As lembranças vividas em cada paixão
Hélio Ramos de Oliveira
Da linha do tempo, Face de  Jadson Queiroz Alves

Nenhum comentário:

Postar um comentário