segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Meio ambiente

...E O PEBA ESTÁ CAVANDO
Lá vai o peba correndo
Cava aqui, cava acolá
Me leva, me leva
Me tira desse 'lugá'.

Lá vai o peba correndo
Com a natureza que Deus lhe deu
Contando buraco por buraco
Muita pena padeço eu.
Lá está o peba cavando
As unhas são a ferramenta
A proteção é o casco
Que é sua vestimenta.
Me leva natureza, me leva
Para um lugar desconhecido
Distante do caçador
Na caatinga sou um desvalido.
Me salva, me salva
Dizem que a caça é 'sociocultural'
Meu torrão é a caatinga
Minha vida,meu habitat natural.

Marcos Calaça, jornalista cultural.

Nenhum comentário:

Postar um comentário