quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Estou profundamente abalado, consternado com a morte trágica de Eduardo Campos, vítima da fatalidade a mais crua. Era um grande político do Nordeste brasileiro, do pernambuco. Com a sua partida perde o Nordeste e o Brasil. A política brasileira fica mais pobre e deserdada da sua inteligência, do seu talento, da sua disposição de lutar por um país mais justo e feliz. Que Eduardo Campos durma o sono dos justos, dos humanos. Fiquemos nas suas palavras: "Não vamos desistir do Brasil".

Fernando Caldas
Foto: Estou profundamente abalado, consternado com a morte trágica de Eduardo Campos, vítima da fatalidade a mais crua. Era um grande político do Nordeste brasileiro, do pernambuco. Com sua partida perde o Nordeste e o Brasil. A política brasileira fica mais pobre e deserdada da sua inteligência, do seu talento, da sua disposição de lutar por um país mais justo e feliz. Que Eduardo Campos durma o sono dos justos, dos humanos. Fiquemos nas sua palavras: "Não vamos desistir do Brasil".

Nenhum comentário:

Postar um comentário