segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Bem sei, que às vezes sonho o impossível.
Que nem sempre o que sonho é concretizado,
ás vezes se desmorona e despedaça.
Mas aprendi que varrendo os pedacinhos e guardando-os....

Pontinhas de esperança podem ser encontradas
nas ruínas de sonhos estilhaçados

Cristina Costa

Nenhum comentário:

Postar um comentário