terça-feira, 4 de outubro de 2016

Anexins e Ditados:

Mulher, espingarda e relógio, não se empresta
a ninguém; Ninguém se fie em cachorro que fica na cozinha,
nem em mulher que passeia sozinha; Mula estrela, mulher
faceira e tubiba de aroeira, o diabo que queira; Quem quer bulir...
com a moça, bula com o pé e a bolsa; Quem apanha de mulher,
não se queixa ao delegado; Mulher de igreja, Deus nos proteja!;
Viúva rica, casada fica; Casa de mulher feia não precisa de tramela;
Mulher de janela, nem costura nem panela; Não há mulher sem
graça, nem festa sem cachaça; Cada uma em sua casa, o diabo não
tem o que fazer; Para quem ama, catinga de bode é cheiro; Sossego
de homem é mulher feia e cavalo capado.
 

(OTHONIEL MENEZES In "Sertão de Espinho e de Flor", Obra Reunida

Nenhum comentário:

Postar um comentário