sexta-feira, 18 de novembro de 2016

UM POUCO SOBRE O AUTOR DE 'ROYAL CINEMA’




Tonheca Dantas (Antônio Pedro Dantas (1871-1940) era maestro nascido em Carnaúba dos Dantas (Sertão do Seridó), Rio Grande do Norte. Sua composição intitulada Royal Cinema (Valsa) se tornou célebre, atravessou fronteiras. Aquela composição fora irradiada pela rádio britânica BBC, na distante década de quarenta, produzida em 1913. O pesquisador Cláudio Galvão depõe que a música de Tonheca é universal, atemporal, e revela a musicalidade do sertanejo. E vai mais adiante aquele escritor afirmando que até hoje ele serve de inspiração para muitos jovens interessados em seguir carreira profissional na música.

Pois bem, Conta-se que Tonheca Dantas ao passar por uma Praça de Paris se depara com uma banda filarmônica executando sua famosa composição. Dantas parou para escutar com muita atenção e emoção.

Foi quando, ao terminar o concerto, o maestro da banda se dirigiu a ele, Tonheca, dizendo:: - “Bonita valsa, hein? Quem é o senhor? - Tonheca respondeu na horinha: - “Eu sou o autor dessa ‘merda’ que vocês estão assassinando”.

Fernando Caldas

Nenhum comentário:

Postar um comentário