terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Elvis Presley - My Way (Legendado)

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

AUTA DE SOUZA – SEUS VERSOS E TRAÇOS DE SUA VIDA BREVE



auta-de-souza-002
Auta Henriqueta de Souza
Autor – Elfi Kürten Fenske
Fonte – http://www.elfikurten.com.br/2013/05/auta-de-souza.html

“Não vês? Minh’alma é como a pena branca
Que o vento amigo da poeira arranca
E vai com ela assim, de ramo em ramo,
Para um ninho gentil de gaturamo…
Leva-me, ó coração, como esta pena,
De dor em dor, até a paz serena.”

– Auta de Souza 

digitalizar
Exemplar da 2ª ed. de “O Horto”, que pertenceu a Antônio Isidoro de Medeiros, tio-avô de Rostand Medeiros, que guarda o exemplar. 
Auta Henriqueta de Souza nasceu em Macaíba, em 12 de setembro de 1876, filha de Elói Castriciano de Souza e Henriqueta Leopoldina Rodrigues e irmã dos políticos norte-rio-grandenses Elói de Sousa e Henrique Castriciano.
 
Ficou órfã aos três anos, com a morte de sua mãe por tuberculose, e no ano seguinte perdeu também o pai, pela mesma doença. Sua mãe morreu aos 27 anos e seu pai aos 38 anos.

Durante a infância, foi criada por sua avó materna, Silvina Maria da Conceição de Paula Rodrigues, conhecida como Dindinha, em uma chácara no Recife, onde foi alfabetizada por professores particulares. Sua avó, embora analfabeta, conseguiu proporcionar boa educação aos netos.






auta-de-souza-001

Aos onze anos, foi matriculada no Colégio São Vicente de Paula, dirigido por freiras vincentinas francesas, e onde aprendeu Francês, Inglês, Literatura (inclusive muita literatura religiosa), Música e Desenho. Lia no original as obras de Victor Hugo, Lamartine, Chateaubriand e Fénelon.

Quando tinha doze anos, vivenciou nova tragédia: a morte acidental de seu irmão mais novo, Irineu Leão Rodrigues de Sousa, causada pela explosão de um candeeiro.

Mais tarde, aos catorze anos, recebeu o diagnóstico de tuberculose, e teve que interromper seus estudos no colégio religioso, mas deu prosseguimento à sua formação intelectual como autodidata.

Continuou participando da União Pia das Filhas de Maria, à qual se uniu na escola. Foi professora de catecismo em Macaíba e escreveu versos religiosos. Jackson Figueiredo (1914) a considera uma das mais altas expressões da poesia católica nas letras femininas brasileiras.

dsc00988
Informativo sobre a venda do livro “O Horto”
Começou a escrever aos dezesseis anos, apesar da doença. Frequentava o Club do Biscoito, associação de amigos que promovia reuniões dançantes onde os convidados recitavam poemas de vários autores, como Casimiro de Abreu, Gonçalves Dias, Castro Alves, Junqueira Freire e os potiguares Lourival Açucena, Areias Bajão e Segundo Wanderley.
 
Por volta de 1895, Auta conheceu João Leopoldo da Silva Loureiro, promotor público de sua cidade natal, com quem namorou durante um ano e de quem foi obrigada a se separar pelos irmãos, que preocupavam-se com seu estado de saúde. Pouco depois da separação, ele também morreria vítima da tuberculose. Esta frustração amorosa se tornaria o quinto fator marcante de sua obra, junto à religiosidade, à orfandade, à morte trágica de seu irmão e à tuberculose. A poetisa, então, encerrou seu primeiro livro de manuscritos, intitulado Dhálias, que mais tarde seria publicado sob o título de Horto.

160px-Auta_de_souza
Auta de Souza
Aos dezoito anos, passou a colaborar com a revista Oásis, e aos vinte escrevia para A República, jornal de maior circulação e que lhe deu visibilidade para a imprensa de outras regiões. Seus poemas foram publicados no jornal O Paiz, do Rio de Janeiro.

dsc00054
Parte final do verso “Flor do Campo”, publicado inicialmente no ano de 1899 no jornal A Republica, de Natal.
No ano seguinte, passaria a escrever assiduamente para o prestigiado jornal A Tribuna, de Natal, e seus versos eram publicados junto aos de vários escritores famosos do Nordeste. Entre 1899 e 1900, assinou seus poemas com os pseudônimos de Ida Salúcio e Hilário das Neves, prática comum à época.
 
Também foi publicada nos jornais A Gazetinha, de Recife, e no jornal religioso Oito de Setembro, de Natal, e na Revista do Rio Grande do Norte, onde era a única mulher entre os colaboradores. 

eloyirmao
Henrique Castriciano, irmão de Auta
Venceu a resistência dos círculos literários masculinos e escrevia profissionalmente em uma sociedade em que este ofício era quase que exclusividade dos homens, já que a crítica ignorava as mulheres escritoras. Sua poesia passou a circular nas rodas literárias de todo o país, despertando grande interesse. Tornou-se a poetisa norte-rio-grandense mais conhecida fora do estado.
 
Aos 24 anos, no dia 7 de fevereiro de 1901, Auta de Souza morria tuberculosa. Foi sepultada no cemitério do Alecrim, em Natal, em 1904 seus restos mortais foram transportados para o jazigo da família, na parede da Igreja de Nossa Senhora da Conceição, em Macaíba, sua cidade natal. No ano anterior (1900) havia publicado seu único livro de poemas sob o título de Horto, com prefácio de Olavo Bilac, que obteve significativa repercussão na crítica nacional. Em 1910 saía à segunda edição, em Paris, e, em 1936, a terceira, no Rio de janeiro, com prefácio de Alceu de Amoroso Lima.

POEMAS MUSICADOS

Outro aspecto importantíssimo da obra de Auta de Souza diz respeito a poemas seus que foram musicados por compositores regionais e transmitidos oralmente de uma geração para outra, desde o final do século XIX até hoje.

dsc03330
Notícia da morte de Auta de Souza no jornal A República, em 8 de fevereiro de 1901

Sem considerar aqueles que foram e vêm sendo musicados mais recentemente, e que não tiveram esta vinculação com a tradição oral, tem-se conhecimento da existência de quatorze deles, somando dezesseis ao considerar-se que um deles, Caminho do sertão, conta com três versões melódicas diferentes. Algumas destas canções ficaram conhecidas de norte a sul do país, chegando também a Portugal.

Integrariam esse cancioneiro de Auta de Souza os seguintes poemas musicados: Caminho do sertão, Teus anos, Desalento, Agonia do coração, Ao cair da noite, Ao luar, Meu pai, Nunca mais, Olhos azuis, Palavras tristes, Regina Coeli, À Eugênia, Meu sonho, Rezando (Róseo Menino).

Fonte: GOMES, Ana Laudelina Ferreira. Vida e obra da poeta potiguar Auta de Souza (1876-1901). Disponível no link. (acessado 14.5.2013).

POEMAS PSICOGRAFADOS E ORIENTAÇÕES ESPIRITUAIS

Além de seus poemas e de seu cancioneiro, Auta de Souza é conhecida também como uma grande mentora espiritual. Para os seguidores do espiritismo kardecista, que no Brasil hoje somam aproximadamente um milhão e meio de praticantes, a poeta é tida como um espírito superior que atuaria no “planoceleste” enquanto mentora e protetora espiritual.

Fonte: GOMES, Ana Laudelina Ferreira. Vida e obra da poeta potiguar Auta de Souza (1876-1901). Disponível no link. (acessado 14.5.2013).

Homenagens

Em 1936, a Academia Norte-Riograndense de Letras dedicou-lhe a poltrona XX, como reconhecimento à sua obra.

Em 1951, foi feita uma lápide, tendo como epitáfio versos extraídos de seu poema Ao Pé do Túmulo: “Longe da mágoa, enfim no céu repousa/Quem sofreu muito e quem amou demais.” 

caminho%20do%20sertao
Caminho do Sertão

(A meu irmão João Cancio)
Tão longe a casa! Nem sequer alcanço
Vê-la através da mata. Nos caminhos
A sombra desce; e, sem achar descanso,
Vamos nós dois, meu pobre irmão, sozinhos!

É noite já. Como em feliz remanso,
Dormem as aves nos pequenos ninhos…
Vamos mais devagar… de manso e manso,
Para não assustar os passarinhos.

Brilham estrelas. Todo o céu parece
Rezar de joelhos a chorosa prece
Que a Noite ensina ao desespero e a dor…

Ao longe, a Lua vem dourando a treva…
Turíbulo imenso para Deus eleva
O incenso agreste da jurema em flor.

– Auta de Souza, in “Horto”, 1900.

VEJA TAMBEM NO TOK DE HISTÓRIA – https://tokdehistoria.com.br/2011/04/04/a-historia-do-jasmineiro-de-auta-de-souza-contada-por-palmyra-wanderley/

Do portal: https://tokdehistoria.com.br

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Natal é o 3º destino mais procurado para o Carnaval

 


15/02/2017 11:16 
 http://natal.rn.gov.br



O Carnaval Multicultural de Natal, que promete ser este ano o maior de sua história, trará a partir da próxima semana inúmeras atrações. E também muitos turistas. A capital potiguar é o terceiro destino mais procurado para o período de Carnaval, segundo pesquisa da agência virtual Booking.com, que listou os destinos brasileiros mais reservados para os dias de reinado de Momo.
Neste ano, Natal saltou da quinta para a terceira colocação, duas posições à frente da que estava no Carnaval de 2016. Em 2017, a cidade fica atrás apenas do Rio de Janeiro e de São Paulo, respectivamente primeiro e segundo destinos mais procurados. 
Também de acordo com o levantamento, argentinos e chilenos e suíços devem ser os estrangeiros que mais vão desembarcar em Natal durante a festividade. A pesquisa ainda revela os tipos de acomodação mais procurados, que são hotéis, albergues e apartamentos.
Para a apuração dos dados, a Booking levantou informações sobre reservas feitas entre 25 e 28 de fevereiro. Já em 2016, os números são referentes a 3 a 10 de fevereiro. A pesquisa foi revelada pelo portal da Panrotas, editora líder no país em publicações especializadas em Turismo.
Programação
O Carnaval Multicultural de Natal é promovido pela Prefeitura do Natal, por meio da Secretaria de Cultura (Secult/Funcarte) e parceiros da iniciativa privada, e tem suas atrações nacionais confirmadas e definidas por datas e Polos Multiculturais. A programação também está disponível no site da Prefeitura do Natal (www.natal.rn.gov.br) e no Blog da Funcarte (www.blogdafuncarte.com.br).
A folia em Natal tem sua fórmula já consagrada e aprovada pelo público: reunir grandes atrações nacionais, o melhor da pluralidade da música regional, troças, blocos, bandas de frevo, escolas de samba e tribos de índio juntamente com muitas prévias que já aquecem o Carnaval desde os primeiros dias de fevereiro.
A grade da programação mantém a tradição dos Pólos Multiculturais: Ponta Negra, Redinha, Rocas; Centro Histórico; Ribeira; Virada Carnavalesca (Ponta Negra), Largo do Atheneu e Praça Cívica. A folia abre oficialmente dia 23 de fevereiro, com o tradicional Baile de Máscaras, no Largo do Atheneu. O Rei Momo Bruno Henrique Borges e a Rainha Rozeane Albuquerque, eleitos na última sexta-feira (10), recebem do prefeito Carlos Eduardo a chave da cidade para comandar o período momesco. A abertura terá o som pernambucano de Spok Frevo e artistas potiguares.
Confira o ranking do Booking.com
POSIÇÃO
CARNAVAL 2017
CARNAVAL 2016
Rio de Janeiro
Rio de Janeiro
São Paulo
Salvador
Natal
São Paulo
Florianópolis
Recife
Búzios (RJ)
Natal
Foz do Iguaçu (PR)
Fortaleza
Salvador
Florianópolis
Curitiba
Foz do Iguaçu
Belo Horizonte
Curitiba
10º
Caldas Novas (GO)
Maceió

"A NOBREZA BRASILEIRA"


















 Brasão do Duque de Caxias










A nobreza brasileira compreendia a família imperial brasileira, os detentores dos títulos nobiliárquicos agraciados durante o Império do Brasil (1822-1889), ou de títulos de nobreza agraciados durante o Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves (1815-1822) e que foram confirmados pelo imperador do Brasil após a independência brasileira (1822), bem como os membros não-titulados de famílias nobres brasileiras. Tendo parte da nobreza brasileira ascendência na fidalguia e nobreza portuguesa.

Também, somente nobres podiam ser veadores e damas de companhia da Casa Imperial, oficiais-mores (camareiro-mor, mordomo-mor, capitão-mor), condecorados com as imperiais ordens honoríficas, oficiais da Guarda Nacional, fidalgos, membros da Imperial Guarda de Honra dos Mosqueteiros de Dom Pedro I (chamados Dragões da Independência) e oficiais generais do exército brasileiro e da marinha do Brasil. Os filhos da nobreza também tinham o direito de entrar na marinha do Brasil diretamente no posto de aspirante e no exército brasileiro como cadete.

Com a transferência da corte portuguesa para o Brasil, entre 1808 e 1820, Dom João VI deu início a nobreza brasileira, distribuindo títulos nobiliárquicos, tendo, até 1821, agraciado 28 marqueses, 8 condes, 16 viscondes e 21 barões, quatro deles brasileiros natos: baronesa de São Salvador de Campos de Goiatacases, barão de Santo Amaro, barão de São João Marcos e barão de Goiana. Em seus primeiros oito anos no Brasil Dom João VI outorgou mais títulos de nobreza do que em todos os 300 anos anteriores da história da Monarquia Portuguesa.

A partir do Segundo reinado, e o advento do ciclo comercial do café, foram os grandes cafeicultores que passaram a colecionar tais títulos, na sua maioria recebiam apenas títulos de barão, ficando conhecidos como os barões do café. Segundo o historiador Afonso d'Escragnolle Taunay, filho do visconde de Taunay, cerca de 300 titulares tinham sua renda vinculada ao café: fazendeiros e banqueiros. O baronato acabava por ser uma espécie de legitimação de poder local, muito aos moldes dos coronéis da extinta Guarda Nacional, fazendo-os intermediários entre o povo e o governo.

Apesar dos títulos nobiliárquicos não serem hereditários, os candidatos não poderiam apresentar em sua árvore genealógica nenhum dos impedimentos: bastardia, crime de lesa majestade, ofício mecânico ou sangue infecto.

Eram cuidadosamente escolhidos por um conjunto de atos prestados e ascendência nobre familiar. Além disso, a maioria dos galardoados tinham de pagar uma vultosa quantia pela honraria nobiliárquica, mesmo que para seus filhos perpetuarem os títulos. Para ser nobre, segundo a tabela de 2 de abril de 1860, custava, em contos de réis:

Duque: 2:450$000
Marquês: 2:020$000
Conde: 1:575$000
Visconde: 1:025$000
Barão: 750$000
Além desses valores, havia os seguintes custos:
Papéis para a petição: 366$000
Registro do brasão: 170$000

Uma lista dos possíveis agraciados era elaborada pelo Conselho de ministros do Império, com sugestões de seus colegas, dos presidentes das províncias e de outras pessoas influentes. As listas eram enviadas à aprovação do imperador, sendo apresentadas, duas vezes ao ano: 2 de dezembro, aniversário do imperador; 14 ou 25 de março, respectivamente, aniversário da imperatriz e aniversário do juramento da então constituição - a de 1824, a primeira carta constitucional do Brasil.
O alto custo é um dos motivos pelos quais os baronatos geralmente restringiam-se a uma pessoa, ou porque, no caso de haver mais de um nobre com o mesmo título, raramente eram da mesma família. Outra razão da brevidade dos títulos é que tal sistema nobiliárquico não durou mais do que três gerações, pois terminou com a Primeira República brasileira.

Alguns nobres brasileiros, recebiam a distinção "com grandeza", que os autorizava a usar em seu brasão de armas a coroa do título imediatamente superior – por exemplo, um barão poderia usar em seu brasão a coroa de visconde. Também, um "grande do Império" desfrutava de outros privilégios e precedências que o título imediatamente superior gozava. A grandeza foi conferida a 135 barões, que usavam a coroa de visconde em seus brasões, e a 146 viscondes, que usavam a coroa de conde.

Os registros eram feitos nos livros do antigo Cartório de Nobreza e Fidalguia. Porém, é possível encontrar vários registros com erros e contradições, variando desde brasões imprecisos a datas e nomes errados, denotando a falta de intimidade brasileira com tal sistema nobiliárquico, herdado da nobreza portuguesa.
Em 1848, desapareceram misteriosamente todos os documentos do Cartório de Nobreza e Fidalguia, que à altura era de responsabilidade de Possidônio da Fonseca Costa, então o rei de Armas Principal, fato que dificulta em muito o registro de títulos nobiliárquicos concedidos durante o Primeiro Reinado. Luís Aleixo Boulanger, seu sucessor, buscou reaver parte dessa documentação, produzindo um único livro com parte da primeira geração da nobreza brasileira.

No total, ao longo dos dois reinados do Império, foram criados 1211 títulos de nobreza: 3 ducados, 47 marquesados, 51 condados, 235 viscondados e 875 baronatos. O número total de agraciados, contudo, foi menor – cerca de 980 –, pois muitos receberam mais de um título. Esses números não são totalmente precisos, pois há dúvidas sobre a validade e mesmo a existência de alguns títulos. Muito dessa dúvida se deve à perda de alguns dos registros do Cartório de Nobreza e Fidalguia no Primeiro Reinado.
(Wikipédia)

CONHEÇA ABAIXO QUEM ERAM OS NOBRES BRASILEIROS
 
Ducados
Duque de Caxias: Luís Alves de Lima e Silva
Duquesa de Caxias: Ana Luisa Carneiro Viana
Duquesa do Ceará: Maria Isabel de Alcântara Brasileira
Duquesa de Goiás: Isabel Maria de Alcântara Brasileira
Duque de Santa Cruz: Augusto Carlos Napoleão de Beauharnais
À exceção de Luís Alves de Lima e Silva, todos os duques brasileiros foram condecorados ainda no Primeiro Reinado, tendo sido parentes de D. Pedro I do Brasil: duas filhas dele com a marquesa de Santos – ainda que a duquesa do Ceará tenha morrido antes de se lavrar o título –, e o duque de Santa Cruz, cunhado e genro do imperador.

Marquesados
Marquês de Abrantes: Miguel Calmon du Pin e Almeida
Marquesa de Abrantes: Maria Carolina da Piedade Pereira Baia
Marquês de Aracati: João Carlos Augusto de Oyenhausen-Gravenburg
Marquês de Baependi: Manuel Jacinto Nogueira da Gama
Marquesa de Baependi: Francisca Mônica Carneiro da Costa
Marquês de Barbacena: Felisberto Brant de Oliveira Horta
Marquesa de Barbacena: Ana Constança Guilhermina de Castro Cardoso dos Santos
Marquês do Bonfim: José Francisco de Mesquita
Marquesa do Bonfim: Francisca Freire de Andrade
Marquês de Cantagalo: João Maria da Gama Freitas Berquó
Marquês de Caravelas: José Joaquim Carneiro de Campos
Marquês de Caxias: Luís Alves de Lima e Silva
Marquesa de Caxias: Ana Luisa Carneiro Viana
Marquês da Cunha: Francisco da Costa de Sousa de Macedo
Marquesa da Cunha: Maria Leonor Carneiro Viana
Marquês do Erval: Manuel Luís Osório
Marquesa do Erval: Francisca Fagundes de Oliveira
Marquês da Gávea: Manuel Antônio da Fonseca Costa
Marquesa da Gávea: Maria Amália de Mendonça Corte-Real Fonseca Costa
Marquês de Inhambupe: Antônio Luís Pereira da Cunha
Marquesa de Inhambupe: Maria Joaquina Gerleu da Rocha Dantas e Mendonça
Marquesa de Itamarati: Maria Romana Bernardes da Rocha
Marquês de Itanhaém: Manuel Inácio de Andrada Souto Maior Pinto Coelho
Marquesa de Itanhaém: Teodora Egina Arnaut do Rivo Ramalho
Marquês de Itu: Antônio de Aguiar Barros
Marquesa de Itu: Antonia de Aguiar Barros
Marquês de Jacarepaguá: Francisco Maria Gordilho Veloso de Barbuda
Marquês de Jundiaí: Joaquim José de Azevedo
Marquês de Lajes: João Vieira de Carvalho
Marquês de Maceió: Francisco Afonso Meneses Sousa Coutinho
Marquesa de Maceió: Guilhermina Adelaide Carneiro Leão
Marquês de Maranhão: Thomas Cochrane
Marquês de Maricá: Mariano José Pereira da Fonseca
Marquês de Monte Alegre: José da Costa Carvalho
Marquês de Monte Pascoal: Luís Antônio dos Santos
Marquês de Muritiba: Manuel Vieira Tosta
Marquesa de Muritiba: Isabel Pereira de Oliveira
Marquês de Nazaré: Clemente Ferreira França
Marquês de Olinda: Pedro de Araújo Lima
Marquês de Paraná: Honório Hermeto Carneiro Leão
Marquesa de Paraná: Maria Henriqueta Neto
1º Marquês de Paranaguá: Francisco Vilela Barbosa
2º Marquês de Paranaguá: João Lustosa da Cunha Paranaguá
Marquês de Queluz: João Severiano Maciel da Costa
Marquês de Quixeramobim: Pedro Dias Pais Leme
Marquesa de Quixeramobim: Francisca de Paula Lis Furtado de Mendonça
Marquês de Recife: Francisco Pais Barreto
Marquês de Resende: Antônio Teles da Silva Caminha e Meneses
Marquês de Sabará: João Gomes da Silveira Mendonça
Marquês de Santa Cruz: Romualdo Antônio de Seixas
Marquês de Santo Amaro: José Egídio Álvares de Almeida
Marquesa de Santos: Domitília de Castro do Canto e Melo
Marquês de São João de Palma: Francisco de Assis Mascarenhas
Marquês de São João Marcos: Pedro Dias Paes Leme da Câmara
Marquês de São Vicente: José Antônio Pimenta Bueno
Marquesa de São Vicente: Balbina Henriqueta de Faria Albuquerque
Marquês de Sapucaí: Cândido José de Araújo Viana
Marquês de Tamandaré: Joaquim Marques Lisboa
Marquesa de Taquaí: Francisca Joana de Lacerda Castelo Branco
Marquês de Taubaté: Luís de Saldanha e Torres Guedes de Brito
Marquês de Três Rios: Joaquim Egydio de Sousa Aranha
Marquês de Valença: Estêvão Ribeiro de Resende
Marquesa de Valença: Ilídia Mafalda de Sousa Queirós
Marquês de Vila Real da Praia Grande: Caetano Pinto de Miranda Montenegro

Condados
Condessa do Andaraí: Maria Cândida Rook
Conde de Araruama: Bento Carneiro da Silva
Conde de Baependi: Brás Carneiro Nogueira da Costa e Gama
Condessa de Baependi: Francisca Mônica Carneiro da Costa
Condessa de Belmonte: Mariana Carlota de Verna Magalhães Coutinho
Conde da Boa Vista: Francisco do Rego Barros
Condessa da Boa Vista: Ana Maria Cavalcanti
Conde do Bonfim: José Francisco de Mesquita
Condessa do Bonfim: Francisca Freire de Andrade
Conde de Carapebus: Antônio Dias Coelho Neto dos Reis
Conde de Caxias: Luís Alves de Lima e Silva
Conde de Conceição: Antônio Ferreira Viçoso
Conde de Dinis Cordeiro: Lopo Dinis Cordeiro
Conde de Figueiredo: Francisco de Figueiredo
Conde de Iguaçu: Pedro Caldeira Brant
Conde de Ipanema: José Antônio Moreira

Conde de Irajá: Manuel do Monte Rodrigues de Araújo
Conde de Itaguaí: Antônio Dias Pavão
Condessa de Itapajipe: Ana Romana de Aragão Calmon
Conde de Itamarati: Francisco José da Rocha Leão
Condessa de Itamarati: Maria Romana Bernardes da Rocha
Conde de Itu: Antônio de Aguiar Barros
1º Conde de Lajes: João Vieira de Carvalho
2º Conde de Lajes: Alexandre Vieira de Carvalho
Conde de Mesquita: Jerônimo José de Mesquita
Conde de Moreira Lima: Joaquim José Moreira Lima
Conde de Mota Maia: Cláudio Velho da Mota Maia
Conde de Nioaque: Manuel Antônio da Rocha Faria
1º Condessa de Nioaque: Cecília Fernandes Braga
Conde de Nova Friburgo: Bernardo Clemente Pinto Sobrinho
Condessa de Nova Friburgo: Ambrosina Leitão da Cunha Campbell
Conde de Paraná: Honório Hermeto Carneiro Leão
Condessa de Paraná: Maria Henriqueta Neto
Conde de Parnaíba:Antônio de Queirós Teles
Condesssa de Parnaíba: Rita Mboí Tibiriçá Piratininga
Conde de Passé: Antônio da Rocha Pita Argolo
Condessa de Pedra Branca: Luísa Margarida de Barros Portugal
Condessa da Piedade: Engrácia Maria da Costa Ribeiro Pereira
Conde do Pinhal: Antônio Carlos de Arruda Botelho
Condessa do Pinhal: Ana Carolina de Melo e Oliveira
Conde de Piratini: João Francisco Vieira Braga
Conde de Porto Alegre: Manuel Marques de Sousa
Conde de Prados: Camilo Maria Ferreira Armond
Condessa de Rio Novo: Mariana Claudina Pereira de Carvalho
Conde de Rio Pardo: Tomás Joaquim Pereira Valente
Conde de Santa Cruz: Romualdo Antônio de Seixas
Conde de Santa Fé: Pedro Maria de Lacerda
Conde de Santo Agostinho: José Pereira da Silva Barros
Conde de São Clemente: Antônio Clemente Pinto Filho
Conde de São João das Duas Barras: Joaquim Xavier Curado
Conde de São Salvador: Manuel Joaquim da Silveira
Conde de São Simão: Paulo Fernandes Carneiro Viana
Condessa de São Simão: Honorata Carolina Benigna da Penha de Azevedo Barroso
Conde de Sarapuí: Bento Antônio Vaía
Conde de Serjimirim: Antônio da Costa Pinto
Conde de Subaé: Francisco Moreira de Carvalho
Conde de Tamandaré: Joaquim Marques Lisboa
Conde de Tocantins: José Joaquim de Lima e Silva Sobrinho'
Conde de Três Rios: Joaquim Egydio de Sousa Aranha
Conde de Valença: Estêvão Ribeiro de Resende
Condessa de Valença: Ilídia Mafalda de Sousa Queirós
Conde de Vila Nova de São José: José Fernando Carneiro Leão
Condessa de Vila Nova de São José: Gertrudes Angélica Pedra

Viscondados
1º Visconde de Abaeté: Antônio Paulino Limpo de Abreu
Visconde de Abrantes: Miguel Calmon du Pin e Almeida
Viscondessa de Abrantes: Maria Carolina da Piedade Pereira Baia
Visconde de Aguiar Toledo: José de Aguiar Toledo
Visconde de Albuquerque: Antônio Francisco de Paula de Holanda Cavalcanti de Albuquerque
Visconde de Alcântara: João Inácio da Cunha
Visconde de Almeida: Paulo Martins de Almeida
Visconde de Alvarenga: Albino Rodrigues de Alvarenga
Visconde de Andaraí: Militão Máximo de Sousa
Visconde de Aracati: João Carlos Augusto de Oyenhausen-Gravenburg
Visconde de Araguaia: Domingos José Gonçalves de Magalhães
Visconde de Aramaré: Manuel Lopes da Costa Pinto
Visconde de Arantes: Antônio Belfort Ribeiro de Arantes
Visconde de Arari: Antônio Lacerda de Chermont
1º Visconde de Araruama: José Carneiro da Silva
2º Visconde de Araruama: Bento Carneiro da Silva
Visconde de Araxá: Domiciano Leite Ribeiro
Visconde de Arinos: Tomás Fortunato de Brito
Visconde de Ariró: Henrique José da Silva
Visconde de Assis Martins: Inácio Antônio de Assis Martins
1º Visconde de Baependi: Manuel Jacinto Nogueira da Gama
1º Viscondessa de Baependi: Francisca Mônica Carneiro da Costa
2º Visconde de Baependi: Brás Carneiro Nogueira da Costa e Gama
1º Visconde de Barbacena: Felisberto Brant de Oliveira Horta
1º Viscondessa de Barbacena: Ana Constança Guilhermina de Castro Cardoso dos Santos
2º Visconde de Barbacena: Felisberto Caldeira Brant Pontes
2º Viscondessa de Barbacena: Augusta Isabel Kirckhoefer
Visconde de Barra Mansa: João Gomes de Carvalho
Visconde de Beaurepaire-Rohan: Henrique Pedro Carlos de Beaurepaire-Rohan
Visconde de Benavente: José Feliciano de Morais Costa
Visconde da Boa Vista: Francisco do Rego Barros
Visconde de Bonfim: José Francisco de Mesquita
Viscondessa do Bonfim: Francisca Freire de Andrade
Visconde de Bom Conselho: José Bento da Cunha Figueiredo
Visconde do Bom Retiro: Luís Pedreira do Couto e Ferraz
1º Visconde de Cabo Frio: Luís da Cunha Moreira
2º Visconde de Cabo Frio: Joaquim Tomás do Amaral
1° Visconde da Cachoeira: Luís José de Carvalho e Melo
1° Viscondessa da Cachoeira: Ana Vidal Carneiro da Costa
2° Visconde da Cachoeira: Luís José de Carvalho e Melo Filho
3° Visconde da Cachoeira: Pedro Justiniano Carneiro de Carvalho e Melo
3° Viscondessa da Cachoeira: Maria do Loreto Viana
Visconde de Caeté: José Teixeira da Fonseca Vasconcelos
Visconde de Cairu: José da Silva Lisboa
Visconde de Caldas: Luís Antônio de Oliveira
1° Visconde de Camamu: José Egídio Veloso Gordilho de Barbuda
Viscondessa de Camamu: Caetana Augusta de Vasconcelos
2° Visconde de Camamu: José Egídio Gordilho de Barbuda Filho
Visconde de Camarajibe: Pedro Francisco de Paula Cavalcanti e Albuquerque
Viscondessa de Camargos: Maria Leonor Teixeira de Magalhães
Viscondessa de Campinas: Maria Luzia de Sousa Aranha
Visconde de Campo Alegre: Joaquim de Sousa Leão
Visconde de Cananéia: Bernardino Rodrigues de Avelar
Visconde de Cantagalo: João Maria da Gama Freitas Berquó
Visconde de Carandaí: Belisário Augusto de Oliveira Pena
Visconde de Carapebus: Antônio Dias Coelho Neto dos Reis
1° Visconde de Caravelas: José Joaquim Carneiro de Santos
2° Visconde da Caravelas: Manuel Alves Branco
3° Visconde da Caravelas: Carlos Carneiro de Campos
1º Visconde de Castro: João de Castro do Canto e Melo
2º Viscondessa de Castro: Escolástica Bonifácia de Toledo Ribas
2º Visconde de Castro: João de Castro do Canto e Melo
2º Viscondessa de Castro: Inocência Laura Vieira de Azambuja
Viscondessa de Castro Lima: Carlota Leopoldina de Castro Lima
Visconde de Cavalcanti: Diogo Velho Cavalcanti de Albuquerque
Visconde de Cerro Alegre: João da Silva Tavares
Visconde de Cerro Formoso: Francisco Pereira de Macedo
Visconde de Congonhas do Campo: Lucas Antônio Monteiro de Barros
Viscondessa de Congonhas do Campo: Maria Teresa Joaquina de Sauvan
Visconde do Cruzeiro: Jerônimo José Teixeira Júnior
Viscondessa do Cruzeiro: Maria Henriqueta Carneiro Leão
Visconde de Cunha: Francisco da Costa de Sousa de Macedo
Viscondessa da Cunha: Maria Leonor Carneiro Viana
Visconde de Cunha Bueno: Francisco da Cunha Bueno
Viscondessa da Cunha Bueno: Teresa Campos de Aguirre
Visconde de Embaré: Antônio Ferreira da Silva
1° Visconde de Entre-Rios: Antônio Barroso Pereira Filho
2° Visconde de Entre-Rios: Antônio Barroso Pereira Neto
Visconde de Erval: Manuel Luís Osório
Viscondessa do Erval: Francisca Fagundes de Oliveira
Visconde de Fanado: João Gomes da Silveira Mendonça
Visconde de Ferreira Bandeira: Pedro Ferreira de Viana Bandeira
Visconde dos Fiais: Luís Paulo de Araújo Bastos
Visconde de Figueiredo: Francisco de Figueiredo
Viscondessa de Fonseca Costa: Josefina da Fonseca Costa
Visconde da Gávea: Manuel Antônio da Fonseca Costa
Visconde de Goiana: Bernardo José da Gama
Viscondessa de Goiana: Izabel Ursulina de Albuquerque Gama
Visconde da Graça: João Simões Lopes Filho
Viscondessa da Graça: Eufrásia Gonçalves Victorino Lopes
Viscondessa da Graça: Zeferina Antônia da Luz
Visconde de Guaí: Joaquim Elísio Pereira Marinho
Visconde de Guarapuava: Antônio de Sá Camargo
Visconde de Guararapes: Lourenço de Sá e Albuquerque
Visconde de Guaratiba: Joaquim Antônio Ferreira
Visconde de Guaratinguetá: Francisco de Assis e Oliveira Borges
Visconde de Ibituruna: João Batista dos Santos
Viscondessa de Ibituruna: Clara Jacinta Alves Barbosa
Visconde de Icó: Francisco Fernandes Vieira
Visconde de Imbé: José Antônio de Morais
Visconde de Indaiatuba: Joaquim Bonifácio do Amaral
Visconde de Inhambupe de Cima: Antônio Luís Pereira da Cunha
Viscondessa de Inhambupe: Maria Joaquina Gerleu da Rocha Dantas e Mendonça
Visconde de Inhaúma: Joaquim José Inácio de Barros
Visconde de Inhomirim: Francisco de Sales Torres Homem
Visconde de Ipanema: José Antônio Moreira
Visconde de Ipiabas: Peregrino José de Américo Pinheiro
Viscondessa de Ipiabas: Ana Joaquina de São José Werneck
Visconde de Itabapoana: Luís Antônio de Siqueira
Viscondesa de Itabapoana: Antonia Rita Fortunata da Conceição Tinoco
Visconde de Itabaiana: Manuel Rodrigues Gameiro Pessoa
Visconde de Itaboraí: Joaquim José Rodrigues Torres
Viscondessa de Itaboraí: Maria de Macedo Freire Álvares de Azevedo
Visconde de Itaguaí: Antônio Dias Pavão
Visconde de Itajubá: Marcos Antônio de Araújo
Visconde de Itamarati: Francisco José da Rocha Leão
Viscondessa de Itamarati: Maria Romana Bernardes da Rocha
Visconde de Itaparica: Alexandre Gomes de Argolo Ferrão Filho
Visconde de Itapicuru de Cima: Manuel de Oliveira Mendes
Visconde de Itatiaia: José Caetano Rodrigues Horta
Visconde de Itaúna: Cândido Borges Monteiro
Visconde de Itu: Antônio de Aguiar Barros
Viscondessa de Itu: Antonia de Aguiar Barros
1º Visconde de Jaguari: Domingos de Castro Antiqueira
Viscondessa de Jaguari: Leocádia Amália da Silveira
2º Visconde de Jaguari: José Ildefonso de Sousa Ramos
Visconde de Jaguaribe: Domingos José Nogueira Jaguaribe
Visconde de Jari: João Batista Gonçalves Campos
Visconde de Jequitinhonha: Francisco Gê Acaiaba de Montezuma
Viscondessa de Jequitinhonha: Francisca Maria de Jesus
Visconde de Jericinó: Ildefonso de Oliveira Caldeira Brant
Visconde de Jerumirim: Francisco Cordeiro da Silva Torres de Sousa Melo e Alvim
Visconde de Laguna: Carlos Frederico Lecor
Visconde de Lajes: Alexandre Vieira de Carvalho
Visconde de Lamare: Joaquim Raimundo de Lamare
Visconde de Lima Duarte: José Rodrigues de Lima Duarte
Viscondessa de Lima Duarte: Carlota Batista de Lima Duarte
Visconde de Livramento: José Antônio de Araújo
Visconde de Lorena:Francisco Maria Gordilho Veloso de Barbuda
Visconde de Macaé: José Carlos Pereira de Almeida Torres
Viscondessa de Macaé: Maria Eudóxia Engrácia Almeida Torres
Visconde de Maceió: Francisco Afonso Meneses Sousa Coutinho
Viscondessa de Maceió: Guilhermina Adelaide Carneiro Leão
1º Visconde de Majé: José Joaquim de Lima e Silva
1º Viscondessa de Majé: Maria Eulália de Lima Fonseca Gutierres
Visconde de Maracaju: Rufino Enéias Gustavo Galvão
Visconde de Maranguape: Caetano Maria Lopes Gama
Visconde de Maricá: Mariano José Pereira da Fonseca
Visconde de Mauá: Irineu Evangelista de Sousa
Visconde de Mecejana: Cândido Antunes de Oliveira
Visconde de Meriti: Manuel Lopes Pereira Baía
Visconde de Mesquita: Jerônimo José de Mesquita
Visconde de Monserrate: Joaquim José Pinheiro de Vasconcelos
Viscondessa de Monserrate: Maria Francisca de Campos Pinheiro
Visconde de Monte Mário: Marcelino de Brito Ferreira de Andrade
Viscondessa de Monte Verde: Maria Teresa de Sousa Fortes
Visconde de Moreira Lima: Joaquim José Moreira Lima
Visconde de Moçoró: José Félix Monteiro
Visconde de Mota Maia: Cláudio Velho da Mota Maia
Viscondessa de Muriaé: Raquel Francisca Ribeiro de Castro
Visconde de Muritiba: Manuel Vieira Tosta
Viscondessa de Muritiba: Isabel Pereira de Oliveira
Visconde de Nácar:Manuel Antônio Guimarães
Visconde de Nazaré: Clemente Ferreira França
Visconde de Nioaque: Manuel Antônio da Rocha Faria
1º Viscondessa de Nioaque: Cecília Fernandes Braga
Visconde de Niterói: Francisco de Paula Negreiros de Saião Lobato
Visconde de Nogueira da Gama: Nicolau Antônio Nogueira Vale da Gama
1º Visconde de Nova Friburgo: Bernardo Clemente Pinto Sobrinho
1º Viscondessa de Nova Friburgo: Ambrosina Leitão da Cunha Campbell
Visconde de Olinda: Pedro de Araújo Lima
Visconde de Oliveira: Antônio da Costa Pinto Júnior
Visconde de Ouro Preto: Afonso Celso de Assis Figueiredo
Viscondessa de Ouro Preto: Francisca de Paula Martins de Toledo
Visconde da Palmeira: Antônio Salgado da Silva
Visconde de Paraguaçu: Francisco Moniz Barreto de Aragão
Visconde da Paraíba: João Gomes Ribeiro de Avelar
Viscondessa da Paraíba: Carolina Rosa de Azevedo
Viscondessa de Paraibuna: Benedita Bicudo Varela Lessa
Visconde de Paraná: Honório Hermeto Carneiro Leão
Viscondessa de Paraná: Maria Henriqueta Neto
Visconde de Paranaguá: Francisco Vilela Barbosa
Visconde de Paranaguá: João Lustosa da Cunha Paranaguá
Visconde de Parnaíba:Antônio de Queirós Teles
Viscondessa de Parnaíba: Rita Mboí Tibiriçá Piratininga
1º Visconde do Passé: Antônio da Rocha Pita Argolo
Visconde do Passé: Francisco Antônio Rocha Pita e Argolo
Visconde de Pedra Branca: Domingos Borges de Barros
Visconde de Pedra Branca: Maria do Carmo Sousa Portugal
1o Visconde de Pelotas: Patrício José Correia da Câmara
Viscondessa de Pelotas: Joaquina Leocádia da Fontoura
2o Visconde de Pelotas: José Antônio Correia da Câmara
2a Viscondessa de Pelotas: Maria Rita Fernandes Pinheiro
Visconde da Penha: João de Sousa da Fonseca Costa
Viscondessa da Penha: Maria da Penha Pinto de Miranda Montenegro da Fonseca Costa
Visconde de Pindamonhangaba: Francisco Marcondes Homem de Melo
Visconde do Pinhal: Antônio Carlos de Arruda Botelho
Viscondessa do Pinhal: Ana Carolina de Melo e Oliveira
Visconde de Pinheiro: Joaquim Luís Pinheiro
Visconde de Pirajá: Joaquim Pires de Carvalho e Albuquerque
Viscondessa de Pirajá: Maria Luísa Queirós de Teive e Argolo
Visconde de Pirapitinga: João Caldas Viana Filho
Visconde de Piraçununga: Joaquim Henrique de Araújo
Visconde de Piratini: João Francisco Vieira Braga
Visconde de Porto Alegre: Manuel Marques de Sousa
Visconde de Porto Seguro: Francisco Adolfo de Varnhagen
Visconde de Prados: Camilo Maria Ferreira Armond
Visconde de Queluz: João Severiano Maciel da Costa
Visconde de Queluz: João Tavares Maciel da Costa
Visconde de Quixeramobim: Pedro Dias Pais Leme
Viscondessa de Quixeramobim: Francisca de Paula Lis Furtado de Mendonça
Visconde de Recife: Francisco Pais Barreto
Visconde de Resende: Antônio Teles da Silva Caminha e Meneses
Visconde do Rio Bonito: João Pereira Darrigue de Faro
Viscondessa do Rio Bonito: Maria Joaquina da Fonseca
Visconde de Rio Branco: José Maria da Silva Paranhos
Visconde de Rio Claro: José Estanislau de Oliveira
Visconde de Rio Comprido: José de Oliveira Barbosa
Visconde de Rio Formoso: Francisco de Caldas Lins
Visconde de Rio Grande: José de Araújo Ribeiro
Visconde de Rio Novo: José Antônio Barroso de Carvalho
Visconde de Rio Preto: Domingos Custódio Guimarães Filho
Visconde de Rio das Velhas: Francisco de Paula Fonseca Viana
Visconde de Rio Vermelho: Manuel Inácio da Cunha e Meneses
Visconde de Sabará: João Evangelista de Negreiros Saião Lobato
Visconde de Salto: Antônio José Dias Carneiro
Visconde de Santa Isabel: Luís da Cunha Feijó
Viscondessa de Santa Justa: Bernardina Alves Barbosa
Visconde de Santa Teresa: Polidoro da Fonseca Quintanilha Jordão
Visconde de Santa Vitória: Manuel Afonso de Freitas Amorim
Visconde de Santo Amaro: José Egídio Álvares de Almeida
Viscondessa de Santos: Domitília de Castro do Canto e Melo
Visconde de São Clemente: Antônio Clemente Pinto Filho
Visconde de São Francisco: Francisco José Pacheco
1º Visconde de São Gabriel: João de Deus Mena Barreto
2° Visconde de São Gabriel: João Propício Mena Barreto
Visconde de São João da Barra:Francisco José Alves Rangel
Visconde de São José do Norte: Eufrásio Lopes de Araújo
Visconde de São Leopoldo: José Feliciano Fernandes Pinheiro
Viscondessa de São Leopoldo: Maria Elisa Júlia de Lima
Visconde de São Lourenço: Francisco Gonçalves Martins
Visconde de São Luís do Maranhão: Antônio Marcelino Nunes Gonçalves
Visconde de São Salvador de Campos: José Alexandre Carneiro Leão
Viscondessa de São Salvador de Campos: Elisa Leopoldina Carneiro Leão
Visconde de São Sebastião: Manuel Ribeiro da Mota
Visconde de São Vicente: José Antônio Pimenta Bueno
Viscondessa de São Vicente: Balbina Henriqueta de Faria Albuquerque
Visconde de Sapucaí: Luís Mateus Maylasky
Visconde de Sepetiba: Aureliano de Sousa e Oliveira Coutinho
Visconde de Serjimirim: Antônio da Costa Pinto
Visconde de Sinimbu: João Lins Vieira Cansanção de Sinimbu
Visconde de Sousa Fontes: José Ribeiro de Sousa Fontes
Visconde de Sousa Franco: Bernardo de Sousa Franco
Viscondessa de Sousa Franco: Teresa de Jesus da Gama e Silva
Visconde de Suaçuna: Francisco de Paula Cavalcanti e Albuquerque
Visconde de Subaé: Francisco Moreira de Carvalho
Visconde de Tabatinga:Domingos Francisco de Sousa Leão
Visconde de Tamandaré: Joaquim Marques Lisboa
Viscondessa de Tamandaré: Maria Eufrásia de Lima Lisboa
Visconde de Taubaté: Luís de Saldanha da Gama Melo e Torres Guedes de Brito
Visconde de Taunay: Alfredo d'Escragnolle Taunay
Viscondessa de Taunay: Cristina Teixeira Leite
Visconde de Tocantins: José Joaquim de Lima e Silva Sobrinho
Visconde da Torre de Garcia d'Ávila: Antônio Joaquim Pires de Carvalho e Albuquerque
Visconde de Tremembé: José Francisco Monteiro
Visconde de Três Rios: Joaquim Egydio de Sousa Aranha
Visconde de Ubá: Joaquim Ribeiro de Avelar
Visconde de Uberaba: José Cesário de Miranda Ribeiro
Viscondessa de Uberaba: Maria José Monteiro de Barros
Visconde de Ururaí: Manuel Carneiro da Silva
Visconde de Uruguai: Paulino José Soares de Sousa
Viscondessa do Uruguai: Ana Maria de Macedo Álvares de Azevedo
Visconde de Utinga: Henrique Marques Lins
Visconde de Valdetaro: Manuel de Jesus Valdetaro
Visconde de Vargem Alegre: Luís Otávio de Oliveira Roxo
Viscondessa da Vargem Alegre: Marianna Cândida de Lima e Silva
Visconde de Vergueiro: Nicolau José de Campos Vergueiro
Visconde de Vieira da Silva: Luís Antônio Vieira da Silva
1o Visconde de Vila Real da Praia Grande: Caetano Pinto de Miranda Montenegro
2o Visconde de Vila Real da Praia Grande:Caetano Pinto de Miranda Montenegro Filho
2o Viscondessa de Vila Real da Praia Grande: Maria Elisa Gurgel do Amaral e Rocha

Baronatos
1° Barão da Abadia: Gregório Francisco de Miranda
1° Baronesa da Abadia: Maria Isabel Cardoso Gusmão
2° Barão da Abadia: Francisco Dionísio Machado Faria
Barão de Abiaí: Silvino Elvídio Carneiro da Cunha
Barão de Aceguá:Astrogildo Pereira da Costa
Barão do Açu: Luís Gonzaga de Brito Guerra
Barão do Açu da Torre: Luís Antônio Simões de Meireles
1° Barão de Água Branca: Joaquim Antônio de Siqueira Torres
1° Baronesa de Água Branca: Joanna Vieira de Sandes
2° Barão de Água Branca: Joaquim Inácio Ramalho
Barão de Aguapeí: João Batista de Oliveira
Barão de Águas Belas: João da Cunha Magalhães
Barão de Águas Claras: Guilherme Augusto de Sousa Leite
Barão de Aguiar de Andrada: Francisco Xavier da Costa Aguiar de Andrada
Barão de Aguiar Valim: Manuel de Aguiar Valim
Barão de Aimoré: Antônio Rodrigues da Cunha
Barão de Aiuruoca: Custódio Ferreira Leite
Barão de Alagoas: Severiano Martins da Fonseca
Baronesa de Alagoas: Maria Amália de Carvalho
Barão de Alagoinhas: Francisco Pereira Sodré
Barão de Albuquerque: Manuel Artur de Holanda Cavalcanti de Albuquerque
Barão de Alcântara: João Inácio da Cunha
1° Barão de Alegrete: João José de Araújo Gomes
1º Baronesa de Alegrete: Joaquina de Oliveira Álvares
2° Barão de Alegrete: José Maria de Araújo Gomes
Barão de Além-Paraíba: Joaquim Barbosa de Castro
Barão de Alencar: Leonel Martiniano de Alencar
Baronesa de Alenquer: Francisca de Assis Viana Moniz Bandeira
1° Barão de Alfenas: Gabriel Francisco Junqueira
2° Barão de Alfenas: José Dias de Gouveia
Barão de Alfié: Joaquim Carlos da Cunha Andrade
Barão de Alhandra: José Bernardo de Figueiredo
Barão da Aliança: Manuel Vieira Machado da Cunha
Barão de Almeida Galeão: Manuel Caetano de Almeida Galeão
Barão de Almeida Lima: Manuel Bernardo de Almeida Lima
Barão de Almeida Ramos: Joaquim de Almeida Ramos
Barão de Almeida Valim: Luciano José de Almeida Valim
Barão do Alto Mearim: José João Martins de Pinho
Barão do Alto Muriaé: Antônio Teodoro da Silva
Barão do Amambaí: Antônio Maria Coelho
Barão de Amaraji: Antônio Alves da Silva
Barão do Amazonas: Francisco Manuel Barroso da Silva
1o Barão do Amparo: Manuel Gomes de Carvalho
2o Barão do Amparo: Joaquim Gomes Leite de Carvalho
Barão de Anadia: Manuel Joaquim de Mendonça Castelo Branco
Barão de Anajás: Antônio Emiliano de Sousa Castro
Barão de Anajatuba: José Maria Barreto
Barão do Andaraí: Militão Máximo de Sousa
Barão do Andaraí: Militão Máximo de Sousa Júnior
Barão de Angra: Elisiário Antônio dos Santos
Barão de Anhumas: Manuel Carlos Aranha
Baronesa de Anhumas: Blandina Augusta Pereira de Queirós
Barão de Antonina: João da Silva Machado
Barão de Aparecida: José de Sousa Brandão
Barão de Aquino: José de Aquino Pinheiro
Barão de Aquiraz: Gonçalo Baptista Vieira
Barão do Araçaji: Francisco de Caldas Lins
Barão de Aracaju: José Inácio Accioli do Prado
Barão de Aracati: José Pereira da Graça
Barão do Araçuaí: Serafim José de Meneses
Barão do Araguaia: Domingos José Gonçalves de Magalhães
Barão do Araguari: João Maria Wandenkolk
Barão do Araguari: Antônio Dias Maciel
Barão de Aramaré: Manuel Lopes da Costa Pinto
Barão de Arantes: Antônio Belfort Ribeiro de Arantes
1º Barão de Araraquara: José Estanislau de Oliveira
2º Barão de Araraquara: Estanislau José de Oliveira
Barão de Araras: Bento de Lacerda Guimarães
1º Barão de Arari: Antônio Lacerda de Chermont
2º Barão de Arari: José de Lacerda Guimarães
Barão de Araribá:João Luís Gonçalves Ferreira
Barão do Araripe: Antero Vieira da Cunha
Barão de Araruama: José Carneiro da Silva
2º Barão de Araruama: Bento Carneiro da Silva
Barão da Araruna: Estevão José da Rocha
Barão da Aratanha: José Francisco da Silva Albano
Barão de Araújo Ferraz: Francisco Inácio de Araújo Ferraz
Barão de Araújo Góis: Inocêncio Marques de Araújo Góis
Barão de Araújo Gondim: Antônio José Duarte de Araújo Gondim
Barão de Araújo Maia: Honório de Araújo Maia
Barão de Arinos: Tomás Fortunato de Brito
Barão de Ariró: Henrique José da Silva
Barão de Arroio Grande: Francisco Antunes Gomes da Costa
Baronesa do Arroio Grande: Flora Felisbina Antunes da Costa
Barão de Atalaia: Lourenço Cavalcanti de Albuquerque Maranhão
Barão de Ataliba Nogueira: João de Ataliba Nogueira
Baronesa de Ataliba Nogueira: Luiza Xavier de Andrade
Barão de Atibaia: Joaquim Antônio de Almeida
Barão de Avanhandava: José Emídio de Almeida Cardia
Barão de Avelar e Almeida: Laurindo de Avelar e Almeida
Barão de Avelar Resende: Quirino de Avelar Monteiro de Resende
Barão de Azeredo Coutinho: Sebastião da Cunha de Azeredo Coutinho
Barão de Azevedo Machado: Antônio José de Azevedo Machado
Baronesa de Azevedo Machado: Maria Rodrigues do Bonfim
Barão de Bajé: Paulo José da Silva Gama
Barão de Bajé: Paulo José da Silva Gama Filho
Barão de Bambuí: Francisco das Chagas Andrade
Barão do Bananal: Luís da Rocha Miranda Sobrinho
Barão de Barcelos: Domingos Alves Barcelos Cordeiro
Baronesa de Barcelos: Isabel Alves Manhães
Barão de Barra Grande: Francisco de Lima e Silva
Baronesa de Barra Grande: Mariana Cândida de Oliveira Belo
Barão da Barra Mansa: João Gomes de Carvalho
Barão de Batovi: Manuel de Almeida Lobo d'Eça
Baronesa de Batovi: Ana Luísa Pereira
Barão de Beberibe: Francisco Antônio de Oliveira
Barão de Bela Vista: José de Aguiar Toledo
Barão de Belém: Rodrigo Antônio Falcão Brandão
Barão de Belém: José Maria de Almeida
Barão de Belém: José Maria de Almeida Belém
Barão de Bemposta: Inácio Barbosa dos Santos Werneck
Barão de Benfica: Antônio José de Castro
Barão de Benfica: Antônio d'Oliveira Castro
Barão da Bertioga: Joaquim de Paula e Sousa
Barão da Boa Esperança: Antônio Ferreira de Brito
Barão de Boa Viagem: Francisco José de Matos Pimenta
Barão da Boa Vista: Francisco do Rego Barros
Barão de Bocaina: Francisco de Paula Vicente de Azevedo
Barão do Bom Jardim: Luís Barbalho Muniz Fiúza Barreto de Meneses
1º Barão do Bonfim: José Francisco de Mesquita
2º Barão do Bonfim: José Jerônimo de Mesquita
Baronesa do Bonfim: Maria José Vilas-Boas Siqueira
Barão do Bonito: Manuel Gomes da Cunha Pedrosa
Barão de Buíque: Francisco Alves Cavalcanti Camboim
Barão de Bujari: Antônio Francisco Pereira
Barão de Bujuru: Inocêncio Veloso Pederneiras
Barão de Butuí: José Antônio Moreira
Barão de Cabo Frio: Luís da Cunha Moreira
Barão de Cabo Frio: Joaquim Tomás do Amaral
Barão de Cabo Verde: Antônio Belfort de Arantes
2º Barão de Cabo Verde: Luís Antônio de Morais Navarro
Baronesa de Cabo Verde: Josefa Amélia de Morais Bueno
Barão de Caçapava: Francisco José de Sousa Soares de Andrea
Barão de Cacequi: Frederico Augusto de Mesquita
Barão de Caetité: José Antônio Gomes Neto
Barão de Caí: Francisco Ferreira Porto
Baronesa de Caí: Maria Luiza Mefredy
Barão de Caiará: Augusto de Sousa Leão
Barão de Cairari: Antônio Manuel Correia de Miranda
Barão de Cairu: José da Silva Lisboa
Barão de Cairu: Bento da Silva Lisboa
Barão de Cajaíba: Alexandre Gomes de Argolo Ferrão
Baronesa de Cajaíba: Eudóxia Cândida Ferrão de Pina e Mello de Argollo e Queiroz
1º Barão de Cajuru: João Gualberto de Carvalho
1º Baronesa de Cajuru: Ana Inácia de Ribeiro do Vale Carvalho
2° Barão de Cajuru: Militão Honório de Carvalho
2° Baronesa de Cajuru: Maria Cândida de Arantes
Barão de Caldas: Luís Antônio de Oliveira
Barão de Calera: Tomás Garcia de Zuniga
Barão de Camaçari: Antônio Calmon de Araújo Góis
Barão de Camanducaia: Joaquim da Mota Pais
Barão de Camaquã: Salustiano Jerônimo dos Reis
Baronesa de Camaquã: Plácida Elvira Teixeira Fernandes
Barão de Camarajibe: Pedro Francisco de Paula Cavalcanti de Albuquerque
1o Barão de Camargos: Manuel Teixeira de Sousa
2o Barão de Camargos: Antônio Teixeira de Sousa Magalhães
Barão de Cambaí: Antonio Martins da Cruz Jobim
Baronesa de Cambaí: Ana Maria de Sousa Brasil
Barão de Cambuí: João Cândido de Melo e Sousa
Barão de Cametá: Antônio Bento Dias de Melo
Baronesa de Cametá: Ana Rufina de Sousa Franco Correia
Barão de Campinas: Bento Manuel de Barros
Barão de Campinas: Joaquim Pinto de Araújo Cintra
Baronesa de Campinas: Maria Luzia de Sousa Aranha
Barão de Campo Alegre: Joaquim de Sousa Leão
Barão de Campo Alegre: Antônio José Correia
Barão de Campo Belo: Laureano Correia e Castro
Barão de Campo Formoso: João Evangelista de Carvalho
Barão de Campo Grande: Francisco Gomes de Campos
Barão de Campo Largo: Antônio Mariani Primo
Barão de Campo Maior: Augusto da Cunha Castelo Branco
Barão de Campo Místico: Antônio Teixeira Dinis
Barão de Campo Verde: Francisco Xavier de Oliveira
Barão de Campos Gerais: David dos Santos Pacheco
Barão de Cananeia: Bernardino Rodrigues de Avelar
Barão de Candiota: Luiz Gonçalves Das Chagas
Baronesa de Candiota: Anna De Ávila
Barão de Cantagalo: João Maria da Gama Freitas Berquó
Barão de Cantagalo: Augusto de Sousa Brandão
Barão de Capanema: Guilherme Schüch de Capanema
Barão de Capiberibe: Manuel de Sousa Teixeira
Barão de Capivari:Joaquim Ribeiro de Avelar
Barão de Capivari: Porfírio Pereira Fraga
Barão de Carandaí: Belisário Augusto de Oliveira Pena
Baronesa de Carandaí: Lina Duque Laje
1º Barão de Carapebus: Joaquim Pinto Neto dos Reis
2º Barão de Carapebus: Antônio Dias Coelho Neto dos Reis
Barão do Carmo: Manuel Ferreira Pinto
Barão do Carmo: José da Silva Figueiredo
Barão de Caruaru: Francisco Antônio Raposo
Barão de Carvalho Borges: Antônio Pedro de Carvalho Borges
Barão de Casa Branca: Vicente Ferreira de Silos Pereira
Barão de Casa Forte: Antônio João de Amorim
Barão de Casalvasco: Firmino José de Matos
Barão de Cascalho: José Ferraz de Campos
Barão de Castelo Branco: Mariano Gil Castelo Branco
Barão de Castelo: Manuel Luís e Ribeiro
Barão de Castro Lima: Antônio Moreira de Castro Lima
Barão dos Cataguases: Manuel de Castro Guimarães
Barão de Catas Altas: João Batista Ferreira de Sousa Coutinho
Barão de Catas Altas: Antônio José Gomes Bastos
Barão do Catete: Joaquim Antônio de Araújo e Silva
Barão do Catu: Frutuoso Pinto da Costa
Barão de Catuama: João José Ferreira de Aguiar
Barão de Catumbi: Francisco Lopes da Cunha
Barão de Caxangá: Lourenço Bezerra Alves da Silva
Barão de Caxias: Luís Alves de Lima e Silva
Barão de Ceará-Mirim: Manuel Varela do Nascimento
Barão do Cerro: José Joaquim Ferreira Rabelo
Barão de Cerro Alegre: João da Silva Tavares
Barão de Cerro Azul: Ildefonso Pereira Correia
Baronesa do Cerro Azul: Maria José Pereira Correia
Barão de Cerro Largo: José Abreu Mena Barreto
Barão do Cerro Formoso:Francisco Pereira de Macedo
Barão de Cimbres: Domingos Malaquias de Aguiar Pires Ferreira
Barão de Cimbres: Cândido Xavier Pereira de Brito
Barão de Cocais: José Feliciano Pinto Coelho da Cunha
Barão de Comoroji: Antônio Félix de Carvalho
Barão da Conceição: José Rodrigues da Costa
Barão da Conceição da Barra: José Resende de Carvalho
1º Barão de Congonhas do Campo: Lucas Antônio Monteiro de Barros
1º Baronesa de Congonhas do Campo: Maria Teresa Joaquina de Sauvan
2º Barão de Congonhas do Campo: Lucas Antônio Monteiro de Castro
2º Baronesa de Congonhas do Campo: Cecília Gonçalves de Moraes
Barão de Contendas: Antônio Epaminondas de Barros Correia
Barão de Coroatá: Manuel Gomes da Silva Belfort
Barão de Coromandel: José Francisco Neto
Barão de Correntes: Felisberto Inácio da Cunha
Barão de Corumbá: João Mendes Salgado
Barão de Coruripe: Miguel Soares Palmeira
Barão de Cotegipe: João Maurício Wanderley
Baronesa de Cotegipe: Antónia Teresa de Sá Rocha Pita e Argolo
Barão de Cotinguiba: Bento de Melo Pereira
Barão do Crato: Bernardo Duarte Brandão
Barão de Cristina: Francisco Ribeiro Junqueira
Barão de Cruanji: Felisberto Inácio de Oliveira
Barão da Cruz Alta: José Gomes Portinho
Baronesa de Cruz Alta: Branca Sertório
Barão da Cruz Alta: Joaquim de Campos Negreiros
Barão de Cunha Bueno: Francisco da Cunha Bueno
Baronesa da Cunha Bueno: Teresa Campos de Aguirre
Barão de Cururipe: Miguel Soares Palmeira
Barão de Curvelo: Joaquim Meireles Freire
Barão do Descalvado: José Elias de Toledo Lima
Barão do Desterro: João José de Almeida Couto
Barão da Diamantina: Francisco José de Vasconcelos Lessa
Barão de Diamantino: Antônio de Cerqueira Caldas
Barão de Dores de Guaxipé: Manuel Joaquim Ribeiro do Vale
Barão de Dourados: José Antônio da Silva Freire
2º Barão de Dourados: José Luís Borges
2º Baronesa de Dourados: Amália Carolina de Melo e Oliveira
Barão de Drummond: João Batista Viana Drummond
Barão das Duas Barras: João Antônio de Morais
Barão das Duas Barras: Elias Antônio de Morais
Barão de Embaré: Antônio Ferreira da Silva
Barão do Engenho Novo: Antônio Pereira de Sousa Barros
Barão de Entre-Rios: Antônio Barroso Pereira Filho
Barão de Entre-Rios: Antônio Barroso Pereira Neto
Barão de Erval: Manuel Luís Osório
Baronessa do Erval: Francisca Fagundes de Oliveira
Barão de Escada: Belmiro da Silveira Lins
Barão d'Escragnolle: Gastão Luís Henrique Roberto d'Escragnolle
Barão da Estância: Antônio Dias Coelho de Melo
Barão de Estrela: José Joaquim de Maia Monteiro
Barão de Exu: Gualter Martiniano de Alencar Araripe
Barão de Ferreira Bandeira: Pedro Ferreira de Viana Bandeira
1º Barão dos Fiais: Luís Paulo de Araújo Bastos
Barão dos Fiais: Pedro Ferreira de Viana Bandeira
Barão do Flamengo: Luís de Matos Pereira de Castro
Baronesa de Fonseca Costa: Josefina da Fonseca Costa
Barão de Fonseca: João de Figueiredo Pereira de Barros
Baronesa de Fonseca: Mariana Jacinta de Azevedo Castro
Barão de Forte de Coimbra: Hermenegildo de Albuquerque Porto Carrero
Barão da Franca: José Garcia Duarte
Baronesa da Franca: Maria Amélia de Vassimon
Barão de Frecheiras: Antônio dos Santos Pontual
Barão da Gamboa: José Manuel Fernandes Pereira
Barão da Gávea: Manuel Antônio da Fonseca Costa
Baronesa da Gávea: Maria Amália de Mendonça Corte-Real Fonseca Costa
Barão de Geraldo de Resende: Geraldo Ribeiro de Sousa Resende
Baronesa de Geraldo de Resende: Maria Amélia Barbosa de Oliveira
Barão de Gindaí:Antônio da Rocha de Holanda Cavalcanti
1º Barão de Goiana: Bernardo José da Gama
Baronessa de Goiana: Izabel Ursulina de Albuquerque Gama
2º barão de Goiana: João Joaquim Cunha Rego Barros
Baronesa de Goiana: Manuela de Castro Caldas
Barão de Goicana: Sebastião Antônio Acioli Lins
Barão de Goitacases: Antônio José de Magalhães
Barão de Gorutuba: Ângelo de Quadros Bitencourt
Barão da Graça: João Simões Lopes Filho
Baronesaa da Graça: Eufrásia Gonçalves Victorino Lopes
Barão de Grajaú: Carlos Fernandes Ribeiro
Barão do Granito: José Manuel de Barros Wanderley
Barão de Grão-Mogol: Guálter Martins Pereira
Barão de Gravatá: Pedro Emiliano da Silveira Lessa
Barão de Gravataí: João Baptista da Silva Pereira
Baronesa de Gravataí: Maria Emília de Menezes
Barão de Guaí: Joaquim Elísio Pereira Marinho
Barão de Guaíba: Manuel Alves dos Reis Lousada
Barão de Guaíba: Manuel José de Campos
Barão de Guaicuí: Josefino Vieira Machado
Barão de Guajará: Domingos Antônio Raiol
Barão do Guamá: Francisco Acácio Correia
Barão de Guanabara: José Gonçalves de Oliveira Roxo
Baronesa de Guanabara: Emiliana Clara Gonçalves de Moraes
Barão do Guandu: Inácio Antônio de Sousa Amaral
Barão do Guandu: João Bernardes de Sousa
Barão do Guapi: Joaquim José Ferraz de Oliveira
Barão do Guapi-Mirim: Tomé Ribeiro de Faria
Barão de Guaraciaba: Francisco Paulo de Almeida
Barão de Guarapuava: Antônio de Sá Camargo
Barão de Guararapes: Lourenço de Sá e Albuquerque
Barão de Guararema: Luís de Sousa Breves
Baronesa de Guararema: Francisca de Souza Monteiro de Barros
Barão de Guaratiba: Joaquim Antônio Ferreira
Barão de Guaratiba: Joaquim José Ferreira
Barão de Guaratinguetá: Francisco de Assis e Oliveira Borges
Barão da Guaraúna: Domingos Ferreira Pinto
Barão de Guaribu: Cláudio Gomes Ribeiro de Avelar
Barão de Guarulhos: José Joaquim de Morais
Barão de Guimarães: José Agostinho Moreira Guimarães
Barão de Gurgeia: João do Rego Monteiro
Barão de Gurjaú: José de Sousa Leão
Barão de Gurupá: Zeferino Urbano da Fonseca
Barão de Gurupi: Antônio Raimundo Teixeira Vieira Belfort
Barão de Homem de Melo: Francisco Inácio Marcondes Homem de Melo
Barão de Ibiapaba: Joaquim da Cunha Freire
Barão de Ibicuí: Francisco de Paula e Silva
Barão do Ibirá-Mirim:José Luís Cardoso de Sales Filho
Barão de Ibirapuitã: Antônio Caetano Pereira
Barão de Ibirocaí: Luís de Freitas Vale
Baronesa de Ibirocaí: Noemi Geraldina de Sá
Barão de Ibitinga: Joaquim Ferreira de Camargo Andrade
Baronesa de Ibitinga: Maria Higina Álvares de Almeida Lima
Barão de de Ibituruna: João Batista dos Santos
Baronesa de Ibituruna: Clara Jacinta Alves Barbosa
Barão do Icó: Francisco Fernandes Vieira
Barão do Igarapé-Mirim: Antônio Gonçalves Nunes
1º Barão de Iguape: Antonio da Silva Prado
Baronesa de Iguape: Maria Cândida de Moura Leite
2º Barão de Iguape: Inácio Rodrigues Pereira Dutra
Barão de Iguaraçu: Domingos Ribeiro dos Guimarães Peixoto
Barão de Iguatemi: Francisco Cordeiro Torres Alvim
Barão de Ijuí: Bento Martins de Meneses
Barão de Imbé: José Antônio de Morais
Barão de Imburi: Manuel da Cunha Lima Ribeiro
Barão de Indaiá: Antônio Zacarias Álvares da Silva
Barão de Indaiatuba: Joaquim Bonifácio do Amaral
Barão de Ingaí: Custódio de Sousa Pinto
Barão de Inhanduí: Joaquim Luís de Lima
Barão de Inhaúma: Joaquim José Inácio de Barros
Barão de Inhomirim: Vicente Navarro de Andrade
Barão de Inoã: José Antônio Soares Ribeiro
Baronesa de Inoã: Amélia Vasconcelos Drumond
Barão de Ipanema: José Antônio Moreira
Barão de Ipanema: José Antônio Moreira Filho
1º Barão de Ipiabas: Peregrino José de Américo Pinheiro
1º Baronesa de Ipiabas: Ana Joaquina de São José Werneck
2º Barão de Ipiabas: Francisco Pinheiro de Sousa Werneck
2º Baronesa de Ipiabas: Francisca Guilhermina de Almeida Werneck
Barão de Ipojuca: João do Rego Barros
Baronesa de Ipojuca: Inácia Militana Cavalcanti Rego de Lacerda
Barão de Iporanga: Geraldo Ribeiro de Sousa Resende
Baronesa de Iporanga: Maria Amélia Barbosa de Oliveira
Barão de Irapuá: José Luís Cardoso de Sales
Barão de Itabaiana: Manuel Rodrigues Gameiro Pessoa
Barão de Itabaiana: Pedro Leopoldo de Araújo Nabuco
Barão de Itabapoana: Luís Antônio de Siqueira
Baronesa de Itabapoana: Antonia Rita Fortunata da Conceição Tinoco
Barão de Itaberava: Alexandre José da Silveira
Barão de Itabira: Gomes Freire de Andrade
Baronesa de Itabira: Francisca de Sá e Castro
Barão de Itacuruçá: Manuel Miguel Martins
Baronesa de Itacuruçá: Jeronima Elisa de Mesquita
Barão de Itaguaí:Antônio Dias Pavão
Barão de Itaim: Bento Dias de Almeida Prado
Baronesa de Itaim: Ana de Almeida Prado
Barão de Itaipé: Carlos Batista de Castro
Baronesa de Itaípe: Maria José Batista de Castro
Barão de Itaipu: Francisco Manuel das Chagas
1o Barão de Itajubá: Marcos Antônio de Araújo
2o Barão de Itajubá: Marcos Antônio de Araújo e Abreu
Barão de Itamaracá: Tomás Antônio Maciel Monteiro
Barão de Itamaracá: Antônio Peregrino Maciel Monteiro
Barão de Itamarandiba: Joaquim Vidal Leite Ribeiro
1º Barão de Itamarati: Francisco José da Rocha Leão
Baronesa de Itamarati: Margarida Cândida Bernardes
2º Barão de Itamarati: Francisco José da Rocha Leão
2º Baronesa de Itamarati: Maria Romana Bernardes da Rocha
1º Barão de Itambé: Francisco José Teixeira
Barão de Itambé: Ernesto Justino da Silva Freire
Barão de Itambi: Cândido José Rodrigues Torres
Barão de Itanhaém: Manuel Inácio de Andrada Souto Maior Pinto Coelho
Baronesa de Itanhaém: Teodora Egina Arnaut do Rivo Ramalho
Barão de Itaoca: João Pereira Bastos Júnior
Barão de Itapacorá: Manuel Antônio Álvares de Azevedo
Baronesa de Itapajipe: Ana Romana de Aragão Calmon
Barão de Itapajipe: Francisco Xavier Cabral da Silva
2o Barão de Itapajipe: Francisco Xavier Calmon Cabral da Silva
Barão de Itapari: José Joaquim Segeins de Oliveira
Barão de Itaparica: Alexandre Gomes de Argolo Ferrão Filho
Barão de Itapecerica: Francisco das Chagas Campos
Barão de Itapema: Francisco Alves Cardoso
Baronesa de Itapema: Candida Emília Moraes e Silva
1º Barão de Itapemirim: Joaquim Marcelino da Silva Lima
2º Barão de Itapemirim: Joaquim Antônio de Oliveira Seabra
2ª Baronesa de Itapemirim: Leocádia da Silva Lima
3º Barão de Itapemirim: Luís de Siqueira da Silva Lima
3º baronesa de Itapemerim: Mariana Moreira Gomes
Barão de Itapetininga: Joaquim José dos Santos Silva
Barão de Itapeva: Inácio Bicudo de Siqueira Salgado
Barão de Itapevi: Emilio Luiz Mallet
Barão de Itapiçuma: Epaminondas Vieira da Cunha
Barão de Itapicuru de Cima: Luís Manuel de Oliveira Mendes
Barão de Itapicuru de Cima: Manuel de Oliveira Mendes
Barão de Itapicuru-Mirim: José Félix Pereira de Burgos
Barão de Itapiruma: Anacleto Correia de Faria
Barão de Itapiruma: Anacleto Correia de Faria
Barão de Itapitocaí: Miguel Rodrigues Barcelos
Barão de Itaporanga: Domingos Dias Coelho e Melo
Barão de Itapororoca: José Joaquim Muniz Barreto de Aragão
Barão de Itapuã: José Joaquim Nabuco de Araújo
Barão de Itapuã: Luís Adriano Alves de Lima Gordilho
Barão de Itapura: Joaquim Policarpo Aranha
Baronesa de Itapura: Libânia de Souza Aranha
Barão de Itaquatiá: Boaventura José Gomes
Barão de Itaqueri: Francisco da Cunha Bueno
Barão de Itaqui: João Nunes da Silva Tavares
Barão de Itatiaia: José Caetano Rodrigues Horta
Barão de Itatiba: Joaquim Ferreira Penteado
Barão de Itaúna: Cândido Borges Monteiro
Barão de Itiúba: César Persiani
Barão de Itu: Bento Pais de Barros
Barão de Ivaí: Antônio Rodrigues de Azevedo
Barão de Ivinheima: Francisco Pereira Pinto
Barão de Jaboatão: Umbelino de Paula de Sousa Leão
1º Barão de Jacareí:Bento Lucio Machado
2º Barão de Jacareí: Licínio Lopes Chaves
Barão de Jaceguai:Artur Silveira de Mota
Barão de Jacuí: Francisco Pedro Buarque de Abreu
Barão de Jacuípe: Luís Francisco Gonçalves Junqueira
Barão de Jacutinga: Manuel Bernardes Pereira da Veiga
Barão de Jaguara: Antônio Pinheiro de Ulhoa Cintra
Barão de Jaguarão: José Antônio da Silva Guimarães
Barão de Jaguarari: Ambrósio Henriques da Silva Pombo
Barão de Jaguarari: Marcos Antônio Bricio
1º Barão de Jaguari: Domingos de Castro Antiqueira
Baronesa de Jaguari: Leocádia Amália da Silveira
Barão de Jaguaripe: Francisco Elesbão Pires de Carvalho e Albuquerque
Barão de Jambeiro: Davi Lopes da Silva Ramos
Barão de Japaratuba: Gonçalo de Faro Rollemberg
Barão de Japi: Joaquim Benedicto de Queiros Telles
Barão de Japurá: Miguel Maria Lisboa
Baronesa de Japurá: Maria Isabel de Andrade Pinto
Barão de Jaraguá: José Antônio de Mendonça
Barão de Jaraú: Joaquim José de Assumpção
Baronesa de Jaraú: Candida Clara Simões Lopes de Assunção
Barão do Jari: João Batista Gonçalves Campos
Barão de Jauru: César Sauvan Viana de Lima
Barão de Javari: João Alves Loureiro
Barão de Javari: Jorge João Dodsworth
Baronesa de Javari: Carlota Martins de Toledo
Barão de Jequiá: Manuel Duarte Vieira Ferro
Barão de Jequiriçá: Isidro de Sena Madureira
Barão de Jequitaí: Cipriano de Morais Lima
Barão de Jeremoabo: Cícero Dantas Martins
Barão de Joatinga: Pedro Ramos Nogueira
Barão de Juiz de Fora: José Ribeiro de Resende
1º barão de Jundiaí: Antônio de Queirós Teles
1ª baronesa de Jundiaí: Ana Leduína de Morais Jordão
Barão de Jundiá: André Dias de Araújo
2ª baronesa de Jundiaí: Ana Joaquina do Prado da Fonseca
Barão de Juparanã: Manuel Jacinto Carneiro da Costa e Gama
Barão de Juqueri: Francisco de Assis Vale
Barão do Juruá: Guilherme José Moreira
Barão de Lacerda Paim: Honorato Antônio de Lacerda Paim
Barão de Ladário: José da Costa Azevedo
Barão de Lagoa Dourada: João Martins Pinheiro
Baronesa de Lagoa Dourada: Maria Gregoria de Miranda
Barão de Laguna: Carlos Frederico Lecor
2º Barão de Laguna: Jesuino Lamego da Costa
Baronesa de Laguna: Leonor Auta de Oliveira
Barão de Lajes: João Vieira de Carvalho
Barão de Lajes: Alexandre Vieira de Carvalho
Barão de Lamim: Alcides Rodrigues Pereira
Barão de Laranjeiras: Felisberto de Oliveira Freire
Barão do Lavradio: José Pereira Rego
Barão de Lavras: João Alves de Gouveia
1º Barão de Leopoldina: Manuel José Monteiro de Castro
1º Baronesa de Leopoldina: Clara de Sá e Castro
2º Barão de Leopoldina: José de Resende Monteiro
Barão de Lessa: Elói Bicudo Varela Lessa
Barão de Lima Duarte: José Rodrigues de Lima Duarte
Barão de Limeira: Vicente de Sousa Queirós
Barão de Limoeiro: Manuel Barbosa da Silva
Barão do Livramento: José Antônio de Araújo
Barão de Lopes Neto: Felipe Lopes Neto
Barão de Lorena: Estêvão Ribeiro de Resende
Barão de Loreto: Franklin Américo de Menezes Dória
Baronesa de Loreto: Maria Amanda Lustosa Paranaguá
Barão de Louriçal: Francisco de Assis Monteiro Breves
Barão de Lucena: Henrique Pereira de Lucena
Barão de Macabu: Antônio Machado Botelho Sobrinho
Barão de Macaé: Amaro Velho da Silva
Barão de Maçambara: Marcelino Avelar e Almeida
Barão de Macaúbas: Abílio César Borges
Barão de Maceió: Antônio Teixeira da Rocha
Barão de Maciel: Justo Domingues Maciel
Baronesa de Maciel: Luiza Leocádia Ribeiro da Cunha
Barão de Maia Monteiro: Antônio Joaquim de Maia Monteiro
Barão de Mamanguape: Flávio Clementino da Silva Freire
Barão de Mambucaba: José Luis Gomes
Barão de Mamoré: Ambrósio Leitão da Cunha
Baronesa de Mamoré: Maria José da Gama e Silva
Barão de Manaus: Clementino José Pereira Guimarães
Barão de Mangaratiba: Antônio Pereira Passos
Barão de Maracaju: Rufino Enéas Gustavo Galvão
Barão de Maracanã: Manuel Gonçalves Pereira
Barão de Maragojipe: Bento de Araújo Lopes Vilas Boas
Barão de Marajó: José Coelho da Gama e Abreu
Barão de Maraú: José Teixeira de Vasconcelos
Baronesa de Maria Rosa: Maria Rosa Alexandrina de Macedo
Barão de Maruiá: João Wilkens de Matos
Barão de Maruim: João Gomes de Melo
Barão de Mataripe: Antônio Munis Barreto de Aragão
Barão de Matos Vieira: Joaquim de Matos Vieira
Barão de Matuim: Joaquim Inácio de Aragão Bulcão
Barão de Mauá: Irineu Evangelista de Sousa
Barão de Mearim: José Teodoro Correia de Azevedo Coutinho
Barão de Mecejana: Cândido Antunes de Oliveira
Barão de Melgaço: João Manuel Leverger
Barão de Melo e Oliveira: Luís José de Melo e Oliveira
Barão de Mendes Tota: João Antônio Mendes Tota
Barão de Meneses: Balduíno Joaquim de Meneses
Baronesa de Meneses: Maria Jacinta Alves Barbosa
Barão de Mercês: Manuel José da Costa
Barão de Meriti: Manuel Lopes Pereira Baía
1º Barão de Mesquita: Jerônimo José de Mesquita
2º Barão de Mesquita: Jerônimo Roberto Mesquita
Barão de Minas Novas:Antônio dos Santos Neiva
Barão de Mipibu: Miguel Ribeiro Dantas
Barão de Miracema: Lourenço Maria de Almeida Baptista
Barão de Miranda Reis: José de Miranda da Silva Reis
Barão de Moçoró: José Félix Monteiro
Barão de Moji-Guaçu: José Caetano de Lima
Barão de Moji-Mirim: Manuel Claudiano de Oliveira
Barão de Monção: Jacinto José Gomes
Barão de Monjardim: Alfeu Adelfo Monjardim de Andrade e Almeida
Barão de Monte Alegre: José da Costa Carvalho
Baronesa de Monte Alegre: Genebra de Barros Leite
Barão de Monte Alto: Francisco Alves da Silva Pereira
Barão de Monte Belo: Joaquim Marinho de Queirós
Barão de Monte Carmelo: Bonifácio José Batista
Barão de Monte de Cedro: João José Carneiro da Silva
Baronesa de Monte de Cedro: Francisca Antonia Ribeiro de Castro
Barão de Monte Mário: Marcelino de Brito Ferreira de Andrade
Barão de Monte-mor: José Bonifácio de Campos Ferraz
Barão de Monte Santo: Luís José de Oliveira Mendes
Barão de Monte Santo: Joaquim Simões de Paiva
3º Barão de Monte Santo: Gabriel Garcia de Figueiredo
3º Baronesa de Monte Santo: Maria Carolina Garcia de Figueiredo
Baronesa de Monte Verde: Maria Teresa de Sousa Fortes
Barão de Monte Verde: Joaquim Pereira da Silva
Barão de Monteiro de Barros: Luis de Sousa Monteiro de Barros
Baronesa de Monteiro de Barros: Maria Augusta Leite de Abreu Couto
Barão de Montes Claros: José Luís de Campos
Barão de Moreira Lima: Joaquim José Moreira Lima
Barão de Morenos: Antônio de Sousa Leão
Barão de Mota Maia: Cláudio Velho da Mota Maia
Barão de Mota Pais: José Ribeiro da Mota Pais
Barão de Muaná: Antônio Pereira da Silveira Frade
Barão de Mucuri: Caetano Vicente de Almeida Júnior
Baronesa de Mucuri: Luísa Antónia Sampaio
Barão de Mundaú: José Antônio de Mendonça Filho
Barão de Munis de Aragão: Egas Munis Barreto de Aragão e Meneses
Barão de Muriaé: Manuel Pinto Neto da Cruz
Baronesa de Muriaé: Raquel Francisca Ribeiro de Castro
Barão de Muribeca: Manuel Francisco de Paula Cavalcanti
Barão de Murici: Jacinto Pais Moreira de Mendonça
1º Barão de Muritiba: Manuel Vieira Tosta
1º Baronesa de Muritiba: Isabel Pereira de Oliveira
2º Barão de Muritiba: Manuel Vieira Tosta Filho
2º Baronesa de Muritiba: Maria José Velho de Avelar
Barão de Nacar:Manuel Antônio Guimarães
Barão de Nagé: Francisco Vieira Tosta
Baronesa de Nagé: Carolina da Natividade Tosta
Barão de Nazaré: Silvino Guilherme de Barros
1º Barão de Nioaque: Manuel Antônio da Rocha Faria
1º Baronesa de Nioaque: Cecília Fernandes Braga
2º Barão de Nioaque: Alfredo da Rocha Faria
Barão de Nogueira da Gama:Nicolau Antônio Nogueira Vale da Gama
Barão de Nonoai: João Pereira De Almeida
1º Barão de Nova Friburgo: Antonio Clemente Pinto
1º Baronesa de Nova Friburgo: Laura Clementina da Silva
2º Barão de Nova Friburgo: Bernardo Clemente Pinto Sobrinho
Barão de Novais: Elias Dias Novais
Barão de Oliveira: Antônio da Costa Pinto Júnior
Barão de Oliveira Castro: José Mendes de Oliveira Castro
Barão de Oliveira Roxo: Matias Gonçalves de Oliveira Roxo
Barão de Ourém: José Carlos de Almeida Areias
Barão de Ouricuri: Manuel Inácio de Oliveira
Barão de Ouro Branco: João de Magalhães
Barão de Pacheco: Manuel Pacheco da Silva
Barão de Pajeú: Andrelino Pereira da Silva
Barão da Palma: Antônio de Freitas Paranhos
Barão de Palmares: Bernardo José da Câmara
Barão da Palmeira: Antônio Salgado da Silva
Barão de Palmeiras: Francisco Quirino da Rocha
2o Barão de Palmeiras: João Quirino da Rocha Werneck
2o Baronesa de Palmeiras: Carolina Peregrina Pinheiro de Sousa
Barão de Palmeira dos Índios: Paulo Jacinto Tenório
Barão de Paquequer: Joaquim Luís Pinheiro
Barão de Paquetá: José Tomás da Silva Quintanilha
1º Barão de Paraguaçu: Salvador Moniz Barreto de Aragão
2º Barão de Paraguaçu: Francisco Moniz Barreto de Aragão
Barão da Paraíba: João Gomes Ribeiro de Avelar
Baronesa da Paraíba: Carolina Rosa de Azevedo
Barão de Paraibuna: Custódio Gomes Varela Lessa
Barão de Paraim: José da Cunha Lustosa
Barão de Paraitinga: Manuel Jacinto Domingues de Castro
Barão de Paramirim: Miguel José Maria de Teive e Argolo
Barão de Paraná: Henrique Hermeto Carneiro Leão
Baronesa de Paraná: Zeferina Marcondes
Barão de Paranapanema: Joaquim Celestino de Abreu Soares
Barão de Paranapiacaba: João Cardoso de Meneses e Sousa
Barão de Parangaba: José Miguel de Vasconcelos
Barão de Paraopeba: Romualdo José Monteiro de Barros
Baronesa de Paraopeba: Felizarda Constância Leocádia da Fonseca
Barão de Paraúna: Antônio Moreira da Costa
Barão de Parima: Francisco Xavier Lopes de Araújo
1º Barão da Parnaíba: Manuel de Sousa Martins
2º Barão de Parnaíba: Antônio de Queirós Teles
2º Baronesa de Parnaíba: Rita Mboí Tibiriçá Piratininga
Barão da Passagem: Delfim Carlos de Carvalho
1º Barão de Passé: Antônio da Rocha Pita Argolo
2º Barão de Passé: Francisco Antônio Rocha Pita e Argolo
Barão do Passeio Público: José de Oliveira Barbosa
Barão de Passos: Jerônimo de Melo Pereira e Sousa
1º Barão de Pati do Alferes:Francisco Maria Gordilho Veloso de Barbuda
2º Barão de Paty do Alferes: Francisco Peixoto de Lacerda Werneck
2º Baronesa de Paty do Alferes: Maria Isabel Assunção Ribeiro de Avelar
Barão de Patrocínio: Joaquim Antônio de Sousa Rabelo
Barão de Pedra Branca: Domingos Borges de Barros
Baronesa de Pedra Branca: Maria do Carmo Sousa Portugal
Barão de Pedra Negra: Manuel Gomes Vieira
Barão de Pedro Afonso: Pedro Afonso Franco
Barão de Pelotas: Patrício José Correia da Câmara
Barão de Penalva: Antônio Augusto de Barros e Vasconcelos
Barão de Penedo: Francisco Inácio de Carvalho Moreira
Barão de Penha: João de Sousa da Fonseca Costa
Barão de Pereira de Barros: Jordão Pereira de Barros
Barão de Pereira Franco: Luís Antônio Pereira Franco
Barão de Petrolina: Bernardino de Senna Pontual
Barão de Petrópolis: Manuel de Valadão Pimentel
Barão de Piabanha: Hilário Joaquim de Andrade
Barão de Piaçabuçu: João Machado de Novais Melo
Barão de Pilar: José Pedro da Mota Saião
1º Barão de Pindamonhangaba: Manuel Marcondes de Oliveira Melo
2º Barão de Pindamonhangaba: Francisco Marcondes Homem de Melo
Barão de Pindaré: Antônio Pedro da Costa Ferreira
Barão do Pinhal: Antônio Carlos de Arruda Botelho
Barão de Pinho Borges: Francisco de Pinho Borges
Barão de Pinto Lima: Francisco Xavier Pinto de Lima
1º Barão de Piracicaba: Antonio Pais de Barros
2º Barão de Piracicaba: Rafael Tobias de Barros
Barão de Piracicamirim: Antônio de Barros Ferrás
Barão de Piraí: José Gonçalves de Moraes
Baronesa de Piraí: Cecília Pimenta de Almeida Frazão de Souza Breves
1º Barão de Pirajá: Joaquim Pires de Carvalho e Albuquerque
2º Barão de Pirajá: José Joaquim Pires de Carvalho e Albuquerque
Barão de Piranji: Francisco Antônio de Barros e Silva
Barão de Pirapama: Manuel Inácio Cavalcanti de Lacerda
Barão de Pirapitinga: João Caldas Viana Filho
Barão de Pirapitingui: José Guedes de Sousa
1º Barão de Piraquara: Gregório de Castro Morais e Sousa
2º Barão de Piraquara: José Maria Lopes da Costa
Barão de Piraçununga: Joaquim Henrique de Araújo
Barão de Piratini: João Francisco Vieira Braga
Barão de Piratininga: Antônio Joaquim da Rosa
1º Barão de Pitangui: Marcelino José Ferreira Armond
2º Barão de Pitangui: Honório Augusto José Ferreira Armond
Barão de Piui: João Marciano de Faria Pereira
Barão de Poconé: Manuel Nunes da Cunha
Barão de Pojuca: José Freire de Carvalho
1º Barão de Pontal: Manuel Inácio de Melo e Sousa
2º Barão de Pontal: Antônio Luís de Azevedo
Barão de Ponte Alta: Antônio Elói Casemiro de Araújo
Barão de Ponte Nova: José Joaquim de Andrade Reis
Barão de Ponte Ribeiro: Duarte da Ponte Ribeiro
Barão de Porto Alegre: Manuel Marques de Sousa
Barão de Porto Feliz: Cândido José de Campos Ferraz
Barão de Porto Novo: Luís de Sousa Brandão
Barão de Porto Seguro: Francisco Adolfo de Varnhagen
Barão de Potenji: Inácio José da América Pinheiro
Baronesa de Potenji: Ana Peregrina Pinheiro Werneck
Barão de Pouso Alegre: Antônio Rodrigues Pereira
Baronesa de Pouso Alegre: Clara Ferreira de Azevedo
Barão de Pouso Alegre: Antônio Rodrigues Pereira
Barão de Pouso Alto: Francisco Teodoro da Silva
Barão de Pouso Frio: Mariano José de Oliveira e Costa
Barão de Prados: Camilo Maria Ferreira Armond
Barão de Propriá: José da Trindade Prado
Barão de Quaraim: Pedro Rodrigues Fernandes Chaves
Barão de Quartim:Antônio Tomás Quartim Júnior
Barão de Queluz: João Tavares Maciel da Costa
2o Barão de Queluz: Joaquim Lourenço Baeta Neves
Barão de Quiçamã: João Caetano Carneiro da Silva
Barão de Quixeramobim: Pedro Dias Pais Leme
Baronesa de Quixeramobim: Francisca de Paula Lis Furtado de Mendonça
Barão de Ramalho: Joaquim Inácio Ramalho
Barão de Ramiz: Benjamin Franklin Ramiz Galvão
Barão de Resende: Estevão Ribeiro de Sousa Resende
Baronesa de Resende: Anna Cândida da Conceição
Barão de Retiro: Geraldo Augusto de Resende
Barão do Ribeirão: José de Avelar e Almeida
Baronesa do Ribeirão: Ana Barbosa de Sá
Barão de Ribeirão Vermelho: Antônio Torquato Teixeira
Barão de Ribeiro de Almeida: Joaquim Leite Ribeiro de Almeida
Barão de Ribeiro de Almeida: João Ribeiro de Almeida
Barão de Ribeiro de Sá: Miguel Ribeiro de Sá
Barão de Ribeiro Fundo: Francisco Libânio de Sá Fortes
Barão de Rifaína: Vicente de Paula Vieira
Barão de Rimes: Manuel Antônio Cláudio Rimes
Barão do Rio Apa: Antônio Enéias Gustavo Galvão
1º Barão do Rio Bonito: Joaquim José Pereira de Faro'
1º Baronesa do Rio Bonito: Ana Rita do Amor Divino Darrigue Ferreira
2º Barão do Rio Bonito: João Pereira Darrigue de Faro
2º Baronesa do Rio Bonito: Maria Joaquina da Fonseca
3° Barão do Rio Bonito: José Pereira de Faro
3º Baronesa do Rio Bonito: Francisca Romana Darrigue Faro
Barão do Rio Branco: José Maria da Silva Paranhos Júnior
Barão de Rio Claro: Antônio Manuel de Freitas
1º Barão de Rio das Contas: Francisco Vicente Viana
2º Barão de Rio das Contas: Pedro Moniz Barreto de Aragão
Barão do Rio Doce: Antônio José Gonçalves Fontes
Barão do Rio das Flores: José Vieira Machado da Cunha
Barão do Rio das Flores: Misael Vieira Machado da Cunha
Barão do Rio Formoso: Manuel Tomás Rodrigues Campelo
Barão do Rio Formoso: Presciliano de Barros Acioli Lins
Barão do Rio Formoso: Francisco de Caldas Lins
Barão de Rio Fundo: Inácio Borges de Barros
Barão de Rio Grande: José de Araújo Ribeiro
Barão do Rio Negro: Manuel Gomes de Carvalho Filho
Barão do Rio Novo: José Antônio Barroso de Carvalho
Barão do Rio Novo: José Augusto de Resende
Barão do Rio do Ouro: Brás Pereira Nunes
Barão de Rio Pardo: Tomás Joaquim Pereira Valente
Barão de Rio Pardo: Joaquim Honório de Campos
Barão de Rio Pardo: Antônio José Correia
Barão do Rio Pomba: Antônio Teixeira de Carvalho
Barão do Rio da Prata: Rodrigo Pinto Guedes
1º Barão de Rio Preto: Domingos Custódio Guimarães
2º Barão de Rio Preto: Domingos Custódio Guimarães Filho
Barão do Rio Real: José Dantas de Itapicuru
Barão do Rio Real: João Gualberto Dantas
Barão do Rio das Velhas: Francisco de Paula Fonseca Viana
Barão do Rio Verde: João Antônio de Lemos
Barão do Rio Vermelho: José Félix da Cunha Meneses
Barão de Romeiro: Manuel Inácio Marcondes Romeiro
Barão de Rosário: João José do Rosário
Barão de Sabará: Manuel Antônio Pacheco
Barão de Saboia: Vicente Cândido Figueira de Saboia
Baronesa de Saboia: Luíza Marcondes Jobim
Barão de Saí: Luís Fernandes Monteiro
Barão de Saicã: José Maria da Gama Lobo d'Eça
Barão de Salgado Zenha: Manuel de Salgado Zenha
Barão de Salto: Antônio José Dias Carneiro
Barão de Santa Alda: Lucas Antônio Monteiro de Castro
Baronesa de Santa Alda: Alda Eugênia Monteiro de Castro
Barão de Santa Bárbara: João Evangelista de Almeida Ramos
1º Barão de Santa Branca: Francisco Lopes Chaves
1º Baronesa de Santa Branca: Gertrudes de Carvalho Lopes Chaves
2º Barão de Santa Branca: Francisco Lopes Chaves
Barão de Santa Cecília: Francisco Rodrigues Pereira de Queirós
Barão de Santa Clara: Manuel Francisco Albernaz
Barão de Santa Clara: Carlos Teodoro de Sousa Fortes
Barão de Santa Eugênia: Luís Manuel Monteiro
Barão de Santa Eulália: Antônio Rodrigues de Azevedo Ferreira
Barão de Santa Fé: José Rodrigues Alves Barbosa
Baronesa de Santa Fé: Leopoldina Augusta Alves Barbosa
Barão de Santa Filomena: José Lustosa da Cunha
Barão de Santa Helena: José Joaquim Monteiro da Silva
Barão de Santa Isabel: Antônio Dinis da Costa Guimarães
Barão de Santa Isabel: Luís da Cunha Feijó
1º Barão de Santa Justa: Jacinto Alves Barbosa
1º Baronesa de Santa Justa: Tomásia Maria de Jesus
2º Barão de Santa Justa:Francisco Alves Barbosa
3º Barão de Santa Justa: José Alves da Silveira Barbosa
Barão de Santa Luzia: Manuel Ribeiro Viana
Barão de Santa Luzia: Quintiliano Rodrigues da Rocha Franco
Barão de Santa Mafalda: José Maria de Cerqueira Vale
Barão de Santa Margarida: Fernando Vidal Leite Ribeiro
Barão de Santa Maria: Nicolau Neto Carneiro Leão
Baronesa de Santa Maria: Rita Clara Oliveira Roxo
Barão de Santa Maria Madalena: José Joaquim da Silva Freire
Barão de Santa Marta: Luís Maria Piquet
Baronesa de Santa Marta: Manuela Leivas Soares
Barão de Santa Mônica: Francisco Nicolau Carneiro Nogueira da Costa e Gama
Baronesa de Santana: Maria José de Santana
Baronesa de Santana: Rosa de Santana Lopes
Barão de Santana do Livramento: Vasco Alves Pereira
Baronesa de Santana do Livramento: Rosa Nunes de Lima Miranda
Barão de Santarém: Miguel Antônio Pinto Guimarães
1º Barão de Santa Rita: Manuel Antonio Ribeiro de Castro
2º Barão de Santa Rita: José Ribeiro de Castro
Barão de Santa Rosa: Joaquim Raimundo Nunes Belford
Barão de Santa Tecla: Joaquim da Silva Tavares
Baronesa de Santa Tecla: Amélia Gomes de Mello da Silva Tavares
Barão de Santa Vitória: Manuel Afonso de Freitas Amorim
Barão de Santiago: Domingos Américo da Silva
Barão de Santo André: José de Amorim Salgado
Barão de Santo Ângelo: Manuel José de Araújo Porto-Alegre
Baronesa de Santo Ângelo: Ana Paulina Delamare
Barão de Santo Antônio: Antônio Pinto de Oliveira
Barão de Santo Antônio da Barra: José Egídio de Moura Albuquerque
Barão de São Bento: Francisco Mariano de Viveiros Sobrinho
Barão de São Borja: Victorino José Carneiro Monteiro
Barão de São Brás: Brás Carneiro Leão
Barão de São Carlos: Carlos Pereira Nunes
1º Barão de São Clemente: Antônio Clemente Pinto Filho
1ºBaronesa de São Clemente: Maria José Rodrigues Fernandes Chaves
2º Barão de São Clemente: Antônio Clemente Pinto Neto
2º Baronesa de São Clemente: Georgina Pereira de Faro
Barão de São Diogo: Diogo Teixeira de Macedo
Barão de São Félix: Antônio Félix Martins
Barão de São Fidélis: Antônio Joaquim da Silva Pinto
1º Barão de São Francisco: Joaquim Inácio de Siqueira Bulcão
2º Barão de São Francisco: José de Araújo Aragão Bulcão
3º Barão de São Francisco: Antônio de Araújo Aragão Bulcão
Barão de São Francisco da Glória: Luciano de Sousa Guimarães
Barão de São Francisco das Chagas: Manuel Joaquim Cabral de Melo
Barão de São Francisco de Paula: Joaquim José do Rosário
1º Barão de São Gabriel: João de Deus Mena Barreto
2º Barão de São Gabriel: João Propício Mena Barreto
Barão de São Geraldo: Joaquim José Álvares dos Santos Silva
Barão de São Gonçalo: Belarmino Ricardo de Siqueira
Barão de São Jacó: Diniz Dias
1o Barão de São João da Barra: José Alves Rangel
Baronesa de São João da Barra: Maria Francisca Alves
2o Barão de São João da Barra: Francisco José Alves Rangel
Barão de São João das Duas Barras: Joaquim Xavier Curado
Barão de São João de Icaraí: Constantino Pereira de Barros
Baronesa de São João de Icaraí: Maria Emília Carneiro Leão
Barão de São João del-Rei: Eduardo Ernesto Pereira da Silva
Barão de São João do Príncipe: Ananias de Oliveira e Sousa
Barão de São João do Rio Claro: Amador Rodrigues de Lacerda Jordão
Baronesa de São João do Rio Claro: Maria Hipólita dos Santos Silva
Barão de São João Marcos: Pedro Dias Paes Leme da Câmara
Barão de São João Nepomuceno: Pedro Alcântara Cerqueira Leite
Barão de São Joaquim: José Francisco Bernardes
Baronesa de São Joaquim: Clara Guilhermina da Rocha
Barão de São José: José Gomes de Oliveira Lima
2o Barão de São José: José Inácio da Silva Pinto
2o Baronesa de São José: "Jordiana Francisca de Miranda"
Barão de São José da Lagoa: João Gualberto Martins da Costa
Barão de São José del-Rei: Gabriel Antônio Monteiro de Barros
Barão de São José do Norte: Eufrásio Lopes de Araújo
Baronesa de São José do Rio Preto: Inês de Castro Monteiro da Silva
Barão de São Lourenço: Francisco Gonçalves Martins
Barão de São Lucas: Pedro Pereira de Escobar
1º Barão de São Luís: Paulo Gomes Ribeiro de Avelar
1º Baronesa de São Luis: Feliciana José de Carvalho
2º Barão de São Luís: Leopoldo Antunes Maciel
2º Baronesa de São Luis: Cândida Gonçalves Moreira
Barão de São Marcelino: Marcelino de Assis Tostes
Baronesa de São Mateus: Francisca Maria do Vale de Abreu e Melo
Barão de São Miguel: Paulino de Araújo Góis
Barão de São Nicolau: Leopoldo Augusto da Câmara Lima
Barão de São Roberto: Quintiliano Alves Ferreira
Barão de São Romão: José Eleutério de Sousa
Barão de São Roque: Antônio Moreira de Castilho
Barão de São Salvador de Campos: José Alexandre Carneiro Leão
Baronesa de São Salvador de Campos: Elisa Leopoldina Carneiro Leão
Barão de São Sepé: Luís José Pereira de Carvalho
Barão de São Simão: Paulo Fernandes Carneiro Viana
Baronesa de São Simão: Honorata Carolina Benigna da Penha de Azevedo Barroso
Barão de São Tomé: Francisco Gonçalves Penha
Baronesa de São Vicente de Paula: Ana Gregória Gusmão de Miranda Pinto
Barão de São Vítor: Vítor Guilherme Resse
Barão de Sapucaia: Manuel Antônio Airosa
Barão de Saquarema: José Pereira dos Santos
Barão de Saramenha: Carlos Gabriel de Andrade
Barão da Saúde: Francisco Manuel de Paula
Barão da Saúde: Manuel Dias da Cruz
Barão de Sauípe: João José Leite
Barão de Serji: Francisco Lourenço de Araújo
Barão de Serjimirim: Antônio da Costa Pinto
Barão de Serra Branca: Felipe Néri de Carvalho e Silva
Barão de Serra Negra: Francisco José da Conceição
Baronesa de Serra Negra: Gertrudes Eufrosina do Amaral Rocha Conceição
Barão de Sertório: João Sertório
Barão de Sete Lagoas: Antônio Cândido da Silva Mascarenhas
Barão de Silveiras: Antônio Tertuliano dos Santos
Barão de Simão Dias:Simão Dias dos Reis
Barão de Sintra: José Joaquim Sintra da Silveira
Barão de Sirinhaém: Coriolano Veloso da Silveira
Barão de Sobral: José Júlio de Albuquerque Barros
Baronesa de Sobral: Maria Francisca Antunes Gomes da Costa
Barão de Socorro: Luís de Sousa Leite
Barão da Soledade: Francisca Elisa Xavier
Barão da Soledade: José Pereira Viana
Barão de Solimões: Manuel Francisco Machado
Barão de Sorocaba: Boaventura Delfim Pereira
Baronesa de Sorocaba: Maria Benedita de Castro Canto e Melo
Barão de Soubara: José Joaquim Barreto
Barão de Sousa: Francisco José Brandão de Sousa
Barão de Sousa Fontes: José Ribeiro de Sousa Fontes
Barão de Sousa Leão: Inácio Joaquim de Sousa Leão
Barão de Sousa Lima: José Antônio de Sousa Lima
Barão de Sousa Queirós: Francisco Antônio de Sousa Queirós
Barão de Sousel: Manuel Antônio Farinha
Barão de Suaçuí: José Inácio Gomes Barbosa
1o Barão de Suaçuna: Francisco de Paula Cavalcanti de Albuquerque
Barão de Suaçuna: Henrique Marques de Holanda Cavalcanti
Barão de Subaé: Francisco Moreira de Carvalho
Barão do Suruí: Manuel da Fonseca de Lima e Silva
Baronesa de Suruí: Carlota Guilhermina de Lima e Silva
Barão de Tabatinga: Domingos Francisco de Sousa Leão
Barão de Tacaruna: Manuel Antônio dos Passos e Silva
Barão de Taitinga: Antônio Francisco Tinta
Barão de Tamandaré: Joaquim Marques Lisboa
Baronesa de Tamandaré: Maria Eufrásia de Lima Lisboa
Barão de Tapajós: José Caetano Correia
Barão de Taquara: Francisco Pinto da Fonseca Teles
Barão de Taquaretinga: Manuel Freire Barbosa da Silva
Barão de Taquari: Manuel Jorge Rodrigues
Barão de Taquari: José Antônio Calasans Rodrigues
Barão de Tatuí: Francisco Xavier Paes de Barros
Barão de Taubaté: Antônio Vieira de Oliveira Neves
Barão de Tefé: Anton Ludwig von Hoonholtz
Baronesa de Tefé: Maria Luisa Dodsworth
Barão de Teresópolis: Francisco Ferreira de Abreu
Barão de Thomsen: Cristiano Thomsen
Barão de Tibaji: José Caetano de Oliveira
Barão de Tietê: José Manuel da Silva
Baronesa do Tietê: Maria Reducinda da Cunha e Silva
Barão de Timbaúba: Feliciano Cavalcanti da Cunha Rego
Barão de Timbó: João José de Oliveira Leite
Barão de Timboí: Olinto Gomes dos Santos Paiva
Barão do Tinguá: Pedro Correia e Castro
Barão do Tinguá: Francisco Pinto Duarte
Barão de Toropi: Antônio Cândido de Melo
Barão de Torre de Garcia d'Ávila: Antônio Joaquim Pires de Carvalho e Albuquerque
Barão Torres Homem: João Vicente Torres Homem
Barão de Tracunhaém: João Cavalcanti Maurício Wanderley
Barão de Traipu: Manuel Gomes Ribeiro
Barão de Tramandaí: Antero José Ferreira de Brito Filho
Baronesa de Tramandaí: Cândida Amância Ferreira de Brito
Barão de Traripe: Luís Manuel de Oliveira Mendes
Barão de Tremembé: José Francisco Monteiro
Barão de Três Barras: José Ildefonso de Sousa Ramos
Barão de Três Ilhas: José Bernardino de Barros
Barão de Três Rios: Joaquim Egydio de Sousa Aranha
Barão dos Três Serros: Aníbal Antunes Maciel
Baronesa dos Três Serros: Amélia Hartley de Brito
Barão do Triunfo: José Joaquim de Andrade Neves
Barão de Trontaí: Luís Antônio de Oliveira
Barão de Turiaçu: Manuel de Sousa Pinto de Magalhães
Barão de Turvo: José Gomes de Sousa Portugal
Barão de Ubá: João Rodrigues Pereira de Almeida
Barão do Una: José Antônio Lopes
Barão do Upacaraí: Demétrio José Xavier
Barão de Uruçuí: João da Cruz e Santos
Barão de Uruguaiana: Ângelo Moniz da Silva Ferraz
1º Barão de Ururai: José Carneiro da Silva
2º Barão de Ururai: Manuel Carneiro da Silva
Barão de Utinga: Henrique Marques Lins
Barão de Utinga: Florismundo Marques Lins
Barão de Val Formoso: Leocádio Gomes Franklin
Barão de Valença: Estêvão Ribeiro de Resende
2º Barão de Valença: Pedro Ribeiro de Sousa Resende
2º Baronesa de Valença: Justina Emerich
1º Barão de Vargem Alegre: Mathias Gonçalves de Oliveira Roxo
1º Baronesa de Vargem Alegre: Joaquina Clara de Moraes
2º Barão de Vargem Alegre: Luís Otávio de Oliveira Roxo
2º Baronesa da Vargem Alegre: Marianna Cândida de Lima e Silva
Barão de Varginha: Joaquim Elói Mendes
Barão de Vassouras: Francisco José Teixeira Leite
Barão de Vera Cruz: Manuel Joaquim Carneiro da Cunha
Barão de Vergueiro: Nicolau José de Campos Vergueiro
Barão de Viamão: Hilário Pereira Fortes
Baronesa de Viamão: Francisca Fausta da Fontoura Charão
Barão de Viana: Francisco Vicente Viana Filho
Barão de Vidal: Luís Vidal Leite Ribeiro
Barão de Vila Bela: Francisco de Paula Magessi de Carvalho
Barão de Vila Bela: Domingos de Sousa Leão
Barão de Vila da Barra: Francisco Bonifácio de Abreu
Barão de Vila do Conde: João Gomes Ferreira Veloso
Baronesa de Vila Do Conde: Maria José Mendes Veloso
Barão de Vila Flor: João Manuel de Sousa
Baronesa de Vila Flor: Maria Balbina de Siqueira
Barão de Vila Franca: Inácio Francisco Silveira da Mota
Barão de Vila Isabel: Francisco Antônio Afonso
Barão de Vila Maria: Joaquim José Gomes da Silva
Barão de Vila Nova de São José: José Fernando Carneiro Leão
Baronesa de Vila Nova de São José: Gertrudes Angélica Pedra
Barão de Vila Real da Praia Grande: Caetano Pinto de Miranda Montenegro
Barão de Vila Velha: Joaquim Augusto de Moura
Barão de Vila Viçosa: Antônio de Carvalho e Albuquerque
Barão de Vista Alegre: Manuel Pereira de Sousa Barros
Barão de Vitória: José Joaquim Coelho
Barão de Werneck: José Quirino da Rocha Werneck
Baronesa de Werneck: Maria do Nascimento de Avelar

 http://www.circulomonarquico.com.br