quinta-feira, 30 de junho de 2011

SONHO ADORMECIDO

Tenho um sonho
constantemente
repetido
intensamente
sentido
inevitávelmente
adormecido
dolorosamente
perdido
permanentemente
esquecido?

E. Martins
24/06/2011

Filho de Ipanguaçuense é destaque no Taekwondo

Com apenas 15 anos de idade, o garoto Helisson Bruno, filho de Helio Albano da Base Física, já conquistou mais de 30 medalhas, conquistando vários títulos, entre eles Brasileiro, Copa America e Estadual. 

Ele foi selecionado entre os 12 melhores atletas do Rio Grande do Norte de Taekwondo, para disputar o campeonato Brasileiro na categoria juvenil,  nos dias 9 e 10 de julho em Rondônia. Quero aqui parabenizar o professor Fábio, pelo excelente trabalho no Taekwondo Assuense. Ipanguaçu do Bem deseja boa sorte a Helisson em nome de toda Ipanguaçu.

[Do Blog de Juscelino França]

quarta-feira, 29 de junho de 2011

Paula Fernandes - Pra Você

UTILIDADE PÚBLICA

"A PLACA DO SEU CARRO MOSTRADA POR QUEM ESTÁ LHE ULTRAPASSANDO NO OUTRO CARRO - URGENTE, ASSALTO!

UM ALERTA PARA TODOS - NOVA FORMA DE ROUBO

A imaginação dos marginais não tem limites...

Esperam num estacionamento, e depois de você sair do carro, eles tiram sua placa, assim não tocam o alarme e ficam à espera de seu retorno.
Depois, seguem você, na ultrapassagem mostram a sua placa pela janela, como se ela tivesse caído do carro.
Talvez você fique um pouco espantado por ver a placa do seu carro ali na mão do passageiro do carro do lado mas, sem desconfiar e porque acha que ela caiu, resolve parar para recebê-la de volta e agradecer a quem tão "generosamente" deseja devolvê-la porque você nem reparou que tinha caído...

Parar é tudo o que eles querem que você faça e aí já é tarde
demais e terá sorte se não for violentamente tratado, raptado, ferido ou morto (que ironia: seria ótimo se fosse apenas um assalto).
Não pare, seja por que motivo for. Uma placa não é nada,
comparada com a sua integridade física.
Pense no que poderá acontecer antes de agir.
Os criminosos são espertos e podem ser extremamente violentos
quando querem conseguir alguma coisa.

Repasse essa mensagem para defesa de todos."

postado por Fernando Caldas











A manhã era clara, refulgente.
Uma manhã dourada. Tu passaste.
Abriu mais uma flor em cada haste.
Teve mais brilho o sol, fez-se mais quente.

E eu inundei-me dessa luz ardente.
Depois não sei mais nada. Olhei... Olhaste...
E nunca mais te vi... - Raro contraste! –
A madrugada transformou-se em poente.

Luz que nasceu e apenas cintilou!
Deixou-me triste assim que se apagou,
às vezes fecho os olhos; vejo-a ainda...

E há tanto sol dourando esses trigais!
Olhaste, olhei, fugiste... Ai, nunca mais,
nunca mais tive outra manhã tão linda.

Virgínia Vitorino [1895-1967]






A Lei Maria da Penha em Cordel.

terça-feira, 28 de junho de 2011

UMA POESIA DE FLORBELA ESPANCA




ORAÇÃO DE JOELHOS

Bendita seja a mãe que te gerou!
Bendito o leite que te fez crescer!
Bendito o berço aonde te embalou
A tua ama pra te adormecer!

Bendito seja o brilho do luar
Da noite em que nasceste tão suave,
Que deu essa candura ao teu olhar
E à tua voz esse gorjeio d’ave!

Benditos sejam todos que te amarem!
Os que em volta de ti ajoelharem
Numa grande paixão, fervente, louca!

E se mais, que eu, um dia te quiser
Alguém, bendita seja essa mulher!
Bendito seja o beijo dessa boca!

Postado por Fernando Caldas

segunda-feira, 27 de junho de 2011




Por Celina Marinho [Do Facebook de Themis Marinho]

Falar sobre Djalma Marinho, meu pai, é sempre uma emoção grandiosa que toma conta de mim. Cada dia que passa, sinto um privilégio imenso de ter convivido e conhecido tão de perto uma criatura única!
A história política brasileira foi marcada por esse homem sensível e corajoso. Não se pode negar sua passagem ímpar. Djalma, mesmo sendo g...rande, era simples e suas atitudes, em momentos tão delicados, mostravam que ele era um liberal democrata, que amava a justiça e acreditava em um parlamento forte.
Para mim, sua filha caçula, o momento mais marcante foi na ocasião da renúncia à presidência da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados – que hoje tem seu nome -, quando citou a frase de Pedro Calderón de La Barca, dramaturgo espanhol, “ao rei tudo, menos a honra”, em discurso realizado ao plenário da Câmara relacionado ao pedido de licença para cassação do mandato do Deputado Márcio Moreira Alves. Logo após esse corajoso discurso, o líder do então MDB, Deputado Martins Rodrigues exclamou: “de pé, para aplaudir um homem!”, no que foi prontamente atendido pelas galerias da Câmara, entoando o Hino Nacional. Mesmo muito jovem, fui tomada por um sentimento de orgulho e felicidade com essa manifestação única, de tamanha comoção. Percebi, então, que meu pai – sim, esse era o meu pai! -, fazia a diferença na política do Brasil e sua perda continua, ainda, sendo sentida.
Como pai, ele foi a primeira pessoa que me falou sobre a força do perdão e olhar o próximo com compaixão. Ele dizia ser preciso respeitar as diferenças, lembrando que o homem é apenas um ser vulnerável. Cresci dentro desse contexto, o que me fez e faz sempre buscar ser uma pessoa melhor.
Márcio Marinho, meu irmão, se vivo estivesse diria: “ele é grande e nas suas mãos eu me seguro”.
Minha irmã Hebe sempre diz: “Meu pai era sábio, amoroso, amigo, presente, sempre com a palavra certa no momento que dela precisávamos. Valorizava a amizade, a fé e a crença em Deus e nas pessoas. Com a voz mansa falava com serenidade sobre a ética, amor, vida, igualdade e solidariedade. Nosso pai era humano e humanitário.”
Minha irmã Tânia costuma lembrar que, todas as vezes que nosso pai a visitava, ela sentia uma “enorme vontade de jogar um tapete vermelho com pétalas de rosa e depois se jogar em seus braços protetores”.
Valério, também meu irmão, diz: “falar sobre meu pai é como falar de um rio de águas azuis e transparentes, onde sempre procuramos dessedentar nosso sofrimento, buscando a proteção contra todos os males”.
Minha filha Daniela diz que seu avô era simplesmente “tudo para ela, pois agia como avô, herói, confidente, parceiro de peraltices e brincadeiras. Enfim, sua total referência de família e um amigo com quem sempre podia contar”. Ela afirma que sua convivência com ele, conquanto tenha sido breve, porque a morte do avô tenha ocorrido aos seus oito anos, foi de tal maneira tão especial que se tornou eterna, não havendo um dia sequer em todos esses anos que não o tenha lembrado com um enorme carinho no coração.
Ilce, sua neta e minha sobrinha, diz que “"embora não tenha convivido muito com vovô Djalma, já que morávamos em cidades diferentes, ele em Brasília e eu em Natal, tinha por ele um sentimento especial, misto de amor, admiração, carinho e respeito. Sua riqueza cultural me fascinava.
A nação brasileira reconhece que seus padrões morais e intelectuais eram elevados. Sua nobreza também refulgia na família. Ele foi um exemplo de esposo, pai e avô. Sua lembrança enternece-me o coração, reaviva a consciência de minha identidade familiar e impulsiona-me a honrar o privilégio de ser sua descendente."
Meu pai tinha um coração sempre aberto para nos acolher. Compreendia, como ninguém, a natureza humana e sua fragilidade, sempre com uma palavra para desculpar desvios ou ingratidões. Era, sem dúvida, um homem que se reinventava com os netos e tudo fazia para concretizar ou, ao menos, não destruir os sonhos daquela geração. Não fazia distinção para com seu amor. Quando em momentos de vitórias delas compartilhava, valorizando a todos indistintamente e naqueles de infortúnio procurava assumir a dor para suavizar a dos outros.
Este era o meu pai, Djalma Aranha Marinho.


Postado por Fernando Caldas



Por Cristina Costa

Sou tudo,
E ao mesmo tempo
Sou quase nada.
Desfaço-me e refaço-me.

Tenho sonhos
Maiores que eu.
Tenho medos, maiores que eu,
Mas menores que os meus sonhos.

Leio muito, escrevo muito,
Mas na verdade
Às vezes preciso de solidão,
Para me encontrar.

Sou mulher
Com coração de menina.
Amo, incondicionalmente.
Perco-me em abraços, sorrisos, beijos, poesias.

Tenho de verdade
apenas os meus sentimentos.
Ainda não sou
aquilo que sonhei ser.

Sinto tanta,
mas tanta saudade!
Até do que nunca tive.
Ás vezes até de mim.

Sou intensa, sou mãe,
Sou menina, sou mulher.
Sou tudo aquilo
que me disponho a fazer!

Falando de fé e de gratidão

Por *João Celso Neto

O poeta norte-rio-grandense Jorge Fernandes, em momento de bela inspiração, escreveu:

Deus lembrou-se de mim, lembrou-se
ungindo-me de bondade e de amor!
Martirizou-me pra tornar-me santo
E deu-me asas pra fugir da dor....”

O poeta não imaginava o quanto e a quantos iria descrever naquela pequena estrofe (consta ser um fragmento de um poema maior), inclusive a mim, que não o conheci. Os versos, possivelmente, foram escritos antes de meu nascimento.

Longe de mim querer me tornar santo (no meu livro de cabeceira, Orações de Poder IV, tem uma prece, “Oração de quem se sente envelhecer”, que diz: “Guardai-me razoavelmente “doce”; não quero ser um santo – é tão difícil conviver com alguns santos! –“), mas não posso nem devo negar que Deus continua me dando asas para escapar dos momentos menos felizes, estes, caminho que necessito trilhar na busca da evolução espiritual e remissão dos erros passados.

Dou a isso o nome de fé inabalável. Confiança total, entrega incondicional. Jamais esqueço daquela oração em que alguém reclama do Pai “poxa, sempre vi seus passos juntos aos meus,mas na hora em que mais necessitei, não vi seus passos”, e ouviu como resposta: “naquela hora, eu te carreguei nos braços”.

Outra coisa que aprendi é que devo agradecer pela graça divino desde o momento em que minha petição foi recebida. Está tramitando, e será provida na hora certa, quando me for mais útil, quando eu estiver pronto para usufruir do bem que pretendo alcançar, se é que eu tive méritos para tanto. Deus é que sabe se eu mereço, quando mereço, o quanto mereço.

Ainda daquele livro de preces, da “Oração universal”, extraio esta minha profissão de fé e reconhecimento: “Senhor, quero o que quereis, porque o quereis, como o quereis e quanto o quereis” (ah, como repete o Pai-Nosso com o “seja feita a Vossa vontade”). E acrescento “se o quiserdes e quando o quiserdes”.

Superei todas as minhas maiores agruras com a fé. Recuperei bens que pareciam perdidos e que tinham enorme importância para mim. Deus lembra-se de mim a cada dia, e eu não me esqueço nunca de procurar fazer tudo o que Seu filho Jesus nos ensinou.

[Artigo do seu blog Falando o que penso, escrito em 11.12.2010]

*João Celso Neto é poeta potiguar do Assu, advogado previdenciário em Brasília-DF. 

domingo, 26 de junho de 2011

Willy Gurgel é poeta glozador do Açu, colecionador das estórias e dos causos do povo açuense.

Hino do Sesquicentenário do Assu - 1995

BANDEIRA MUNICIPAL DE ASSU

Música : Franciso Elion Caldas Nobre ( Chico Elion)
Letra: Maria Aldenita de Sá Leitão Fonseca de Souza

Obrigado Assu pelas paisagens,
Pelos feitos heróicos de outrora,
Pelo verde que brota nas margens,
Do teu rio ao romper da aurora.
Ao terceiro milênio confiante,
Levarás em teus ombros a glória,
De ser pátria das letras vibrante,
Com o teu nome gravado na história.
O petróleo da terra jorrando,
O algodão lembra paz de oração,
Carnaúba poesia inspirando,
Terra de frutos para exportação.
As estrelas mais resplandecentes,
No teu céu brilham mais com fulgor,
São as rimas tão doces e ardentes,
Dos poetas falando de amor.
Nesta data brilhante e festiva,
Bem marcada no teu calendário,
Com teus filhos de voz sempre altiva,
Parabéns pelo SESQUICENTENÁRIO.
ASSU minha terra, meu berço,
Minha ODE, minha canção,
ASSU de todo um povo,
Um pedaço do meu coração.

Postado por Fernando Caldas

TRIO IRAKITAN CANTA RANCHINHO DE PÁIA DO AÇUENSE CHICO ELION - CALDAS NOBRE

LOUVAÇÃO AO MESTRE CASCUDO



Por *Chico Elion

Faço nesta louvação
Ao Pai, ao Filho e sua geração
Minha Homenagem
Em forma de Bambelôzambão.
Guarde na sua bagagem
"Moinho D'água", sua canção
Ouça "prece ao vento"
Se embalando em sua rede
Mate a sede
Saudade... Lamento...
Receba cafuné, de flor Daliana
E rosa Dáhlia
Acenda mais um "havana"
E no transcendental
Beba no pensamento
Das madrugadas o orvalho matinal
Da sua Cidade Natal
Em prece de amizade
Rogo ao menino Jesus
Milhões, bilhões de felicidades
Oh! Mestre de tanta luz
Cidade de Potengiversar e Cascudo
Monumento, símbolo e escudo.

*Chico Elion [Francisco Elion Caldas Nobre seu nome de registro] é açuense, sobrinho do grande poeta Renato Caldas, autor das famosas canções Ranchinho de Páia, interpretrada por Luiz Gonzaga O Rei do Baião, Trio Yrakitan, entre outros músicos brasileiros, além de Moinho D´água. Musicou o belo poema Hino do Sequicentenário do Assu escrito por Aldenita de Sá Leitão, além de Saudades de Guarapari, de autoria dele, Chico Elion e Renato Caldas que está gravado no seu CD intitulado Chico Elion Canções e Amigos, interpretração de Guaracy Picado. Afinal, este açuense de boa cepa está na História da Canção Popular Brasileira. E por que não?

Fernando Caldas 

Paulinho Freire diz que o prefeito Ivan Júnior é quem deverá assumir a direção do PP no RN

 59582-250x166



O vice-prefeito de Natal, Paulinho Freire, afirmou ontem Jornal de Hoje, que "o futuro presidente do PP no Rio Grande do Norte, deverá ser o prefeito do Assu Ivan Júnior que já demonstrou interesse em comandar a legenda e é o nome que tem o apoio da grande maioria dos integrantes do PP no Estado, principalmente de prefeitos e vereadores".

Segundo a previsão de Paulinho Freire, uma das principais lideranças da legenda, "o PP deverá eleger seu novo presidente do Diretório Estadual no mais tardar até setembro". Ele adiantou ainda que está conversando integrantes da Executiva Nacional para desvincular o partido de lideranças pertencentes a outras legendas para que o PP ganhe identidade e vida própria no RN.

Segundo Paulinho, o PP é uma legenda forte e representativa nacionalmente, mas no Estado enfrenta dificuldades de ordem estrutural e de representatividade.

Postado por Tailone Medeiros

Escrito por aluiziolacerda às 08h04

sábado, 25 de junho de 2011

Desmobilização de bens móveis e imóveis é item da pauta de assembléia em cooperativa



ASSÚ - Edital de Convocação assinado pelo presidente da Cooperativa Agropecuária do Vale do Açu (Coapeval), com sede na cidade do Assú, João Gregório Júnior, anuncia para segunda-feira, 27 de junho, a realização de uma Assembleia Geral Extraordinária (AGE) da entidade, que, atualmente, congrega um total de 454 associados em toda a região. Cópia do Edital de Convocação foi publicada por intermédio do exemplar da última quarta-feira, 22, do Diário Oficial do Município (DOM).
Em razão do pequeno espaço físico da sede própria da Cooperativa, a AGE acontecerá nas dependências do auditório do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais do Assú, localizado na rua 24 de Junho, 1.057, Centro da cidade. Os trabalhos começarão, em primeira convocação, a partir das 7h, desde que com a participação de dois terços do número de sócios. Caso esse número não seja verificado no horário, a abertura da assembleia será transferida para as 8h, em segunda convocação com metade mais um dos sócios.

PROSSEGUINDO
Persistindo a falta de quórum legal, o edital define para as 9h o início dos trabalhos, em terceira e última convocação, desde que verificada a quantidade mínima presente de dez associados da Coapeval. O primeiro tópico da Ordem do Dia aborda a autorização para a entidade realizar convênios com repartições públicas e/ou privadas. O item subsequente focaliza a autorização para desmobilização de bens móveis e imóveis da organização cooperativista, uma das mais antigas do Vale do Açu e do Rio Grande do Norte. Na mesma ocasião serão discutidos outros assuntos de interesse e, também, será facultada a palavra aos presentes.

Fonte: O Mossoroense

Do Blog de aluiziolacerda

São João do Assu terá noite de música sertaneja e forró


O São João do Assu 2011 encerra sua programação na praça São João neste sábado (25) com o romantismo da música sertaneja e a animação do forró. No decorrer da noite teremos Família G e Gilmar do Acordeon (21h), Fadja Lorena (22h), Amigos Sertanejos (0h) e seguindo para o domingo Forró Deixe de Brincadeira (02h).
Na continuidade do roteiro festivo programado pela prefeitura do Assu será vivido ainda na próxima quarta-feira (29) o São Pedro na comunidade de Mutamba da Caeira com Forró dos 3.
[Do Blog de Alderi Dantas]

NOTA SOBRE CID MONTENEGRO


Da esquerda: Ministro Garibaldi Alves Filho, Cid Montenegro e o deputado Romário

Cid Montenegro é uma figura influente nos meios políticos e no esporte brasileiro. Esteve recentemente em Brasília acopanhando o deputado [ex-jogador] Romário ao gabinete do Ministro Garibaldi Alves de quem foi auxliar quando garibaldi governava o Rio Grande do Norte, levando um pleito "para melhorar as condições de aposentadoria para ex-atletas profissionais". Muito justo a idéia daquele parlamentar que já foi o melhor jogador do mundo.

Está feito o registro deste grande e influente Cid Montenegro que me enviou aquela mensagem via Facebooh. Cid é flamenguista daquilo rôcho.

Postado por Fernando Caldas


EM CARNE

Por João Lins Cadas [1888-1967]

Ai! Quando um dia eu te cingir, cativa
...De meus afetos, desmaiada e nua,
Tu rolarás como uma chama viva,
Quando eu morder-te a fina carne crua...

Tu'alma branca, que ilusões flutua,
Que à amargura e ao desprazer se priva,
- Gás dessa chama que o meu peito atua
Irá rolando loucamente, esquiva...

E sobre a nave desse leito branco,
Bem enlaçado, num aperto franco,
Os nossos corpos rolarão, querida.

Então verei do teu olhar fogoso:
A viva chama que alimenta o gozo,
A viva chama que alimenta a vida.

Escrito em 31.8.1907

 

Um passo de cada vez Afirmam os Herdeiros Politicos de Sebastião Alves



Mediante insinuações de que o prefeito Ivan Júnior pretende disputar uma vaga no parlamento politico, colocando seu nome na disputa para 2.014 como candidato a deputado estadual ou federal, o blog procurou se aprofundar mais um pouco a respeito do assunto.

Indagamos por telefone, vários aliados do gestor assuense, todos foram unânimes em afirmar que esse projeto não dever ser descartado, embora a prioridade de Ivan Júnior, seja com sua reeleição em 2.012.

Um dos seus braços de sustentação eleitoral no municipio, o vereador Heliomar Alves, com o apoio de suas bases e do irmão empresário Helder Cortez Alves foi peremptório na afirmação: Ivan Junior vai dar um passso de cada vez, pensar em 2.014 antes de consumar o projeto de 2.012 não é nada aconselhável e Ivan Júnior, sabe disso.

Como meia palavra satisfaz o bom entendor, compreendemos com naturalidade a ascenção politica do prefeito assuense com a seguinte conclusão: "Quem vai pra o seminário desejando ser padre, tendo vocação sacerdotal pretende seguir a escala hierárquica até atingir o ápice de sumo-pontifice; Monsenhor e Bispo são algumas das postulações até chegar ao vaticano.

Quem tem habilidades politicas, sabendo zelar por suas ações, ganhando credibilidade popular também almeja conquistar outros postos mais relevantes e de maior destaque, é natural que sendo prefeito de uma cidade do porte de Assu, as condições se viabilizam pra disputar um mandato de deputado, seja a nivel estadual ou federal, o seu trabalho e o tempo vai dando rumo a este percurso.

Mas, Ivan Júnior com idade favorável para o amadurecimento de um projeto mais consistente, deve saber a hora de mergulhar de cabeça na conquista de um espaço mais avançado, assim foi o desfecho da nossa conversa.

Escrito por aluiziolacerda às 10h38

quinta-feira, 23 de junho de 2011

UTILIDADE PÚBLICA

ANS estabelece multa para planos de saúde que deixarem de atender a usuários dentro de prazo

Carolina Pimentel

Repórter da Agência Brasil

Brasília A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) estabeleceu prazos máximos de atendimento a usuários de planos de saúde e odontológicos. Das reclamações recebidas pela agência reguladora, 9% são por causa da demora no atendimento e 60% estão relacionadas à negativa de cobertura por exemplo, quando o usuário não consegue marcar consulta com determinado especialista.

A norma começa a valer dentro de três meses. Se a operadora não cumprir a resolução, estará sujeita a pagamento de multa no valor de até R$ 80 mil ou um fiscal da ANS irá avaliar se o plano de saúde possui rede credenciada de profissionais capaz de atender aos clientes.

Quando o usuário não conseguir atendimento dentro do prazo previsto e a operadora não oferecer alternativa, o cliente pode procurar um profissional não credenciado e depois solicitar o reembolso pelo pagamento da consulta ou serviço prestado. De acordo com a resolução da ANS, o plano tem até 30 dias para ressarcir o usuário.

Nos casos em que não há um profissional credenciado no município onde reside o usuário, a operadora deve providenciar e custear o transporte do cliente até um prestador e o retorno à cidade de origem.

No entanto, a ANS alerta que o prazo vale para atendimento com qualquer médico ou dentista da rede credenciada, ou seja, não há garantia para o usuário ser atendido por um profissional de sua escolha. Isso, segundo a agência reguladora, porque o profissional selecionado pode estar com a capacidade de atendimento no limite.

Veja abaixo os prazos máximos estabelecidos para cada tipo de atendimento:

- até três dias úteis: exames de laboratório em regime ambulatorial
- até sete dias úteis: consulta básica (pediatria, clínica médica, cirurgia geral, ginecologia e obstetrícia) e consultas com cirurgião-dentista

- até dez dias úteis: consultas com fonoaudiólogo, nutricionista, psicólogo, terapeuta ocupacional, fisioterapeuta, outros serviços de diagnóstico e atendimento hospitalar (dia)

 - até 14 dias úteis: consultas nas demais especialidades médicas

- até 21 dias úteis: procedimentos de alta complexidade e internação eletiva (marcada)

- imediato: urgência e emergência

- não há prazo para consulta de retorno. Fica a critério do profissional responsável pelo atendimento

  Edição: Lana Cristina

Postado por Fernando Caldas

quarta-feira, 22 de junho de 2011


UMA VEZ

Ama-se uma vez só. Mais de um amor
de nada serve e nada o justifica.
Um só amor absolve, santifica.

Quem ama uma só vez ama melhor.

Qualquer pessoa, seja lá quem for,
se a uma outra pessoa se dedica,
só com essa ternura será rica
e qualquer outra julgará pior...

Há dois amores? Qual é o verdadeiro?
Se há segundo, que é feito do primeiro?
Esta contradição quem foi que fez?

Quem ama assim julga que amou;
mas pode acreditar que se enganou
ou da primeira ou da segunda vez?

[Por Virgínia Vitorino, poetisa potuguesa do século XX]

ARTES PLÁSTICAS

Os artistas plásticos potiguares do Assu Edmilson Silva [Didio] e Cecília Barbalho realizaram uma exposição de seus belos tratahos com muito sucesso, entre os dias 14 a 19 na cidade de Assu durante a festa maior daquela terra assuense que é a festa do seu Padroeiro São João Batista, entre 14 a 18 de junho. Pena que não pude comparecer. Vejamos adiante as fotos que Didio me enviou:

Didio e Cecíla ladeado pelo pelo jovem prefeito do Assu Ivan Júnior.

Didio e Cecília ladeados pelo historiador e Secretário Adjunto de Cultura da PMA Ivan Pinheiro.


O vereador do Assu Heliomar Alves.



SÃO JOÃO DO ASSU

Foto de Ddio.

ASSU ANTIGO

Foto de Rosimar Quirino Bezera. Sobrado da Baronesa. Salvo engano, um dia de movimentação cívica ou política, talvez na década de quarenta ou cinquenta.

Postado por Fernando Caldas

VELHOS CARNAVAIS DO ASSU-RN

Bloco Selenitas, no início da década de setenta. Da esquerda: Aninha Santos, Fátima Dantas, Fátima Bezerra, Zuíla Ramalho, Rosa de Sá Leitão, Carminha Magalhães, Ana Lúcia Galliza.

Faern promove palestras sobre endividamento rural em Caicó e Assú


A Federação da Agricultura e Pecuária do Rio Grande do Norte (Faern) promoverá nos dias 30 de junho e 1° de julho, palestras sobre endividamento rural. O evento será ministrado pelo técnico da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), Edvaldo Brito.
As palestras serão realizadas no dia 30 de junho, em Caicó, às 09h, no Sindicato dos Produtores Rurais. Em Assú, no dia 1° de julho, no mesmo horário, a palestra será promovida na sede do Sindicato dos Produtores Rurais do município.
De acordo com o assessor jurídico da Federação da Agricultura, Caio Túlio Bezerra, essas palestras servirão para orientar os produtores rurais de como proceder nas questões de dívidas com instituições financeiras. “Será uma oportunidade para eles tirarem suas dúvidas e obterem o conhecimento necessário para resolver esses problemas”, ressaltou Bezerra.
Documentação
Os produtores que tiverem interesse em recalcular as suas dívidas rurais, deverão comparecer aos sindicatos munidos. Os que estiverem sendo executados na Justiça devem levar cópia integral (de capa a capa) do processo de execução. E os que não estiverem sendo executados na Justiça devem portar aditivos e boletos bancários.
Com reportagem de Paulo Correia da AEcoar.
ECOAR AGÊNCIA DE NOTÍCIAS
Leonardo Sodré João Maria Medeiros
Editor Geral Diretor de Redação
9986-2453 9144-6632
Nosso blog
www.ecoimprensanatal.blogspot.com
Nosso e-mail


segunda-feira, 20 de junho de 2011



Me insultem, mas não me tirem este rio.
Me escarneçam, mas não me joguem pedras como a Cristo.
Me censurem, mas não me arrebatem este puríssimo céu de abril,
Cheio de estrelas, de nebulosas e de astros errantes de Deus.
Fui criado como Jó, antiquíssimo antepassado bíblico,
 

E vivo entre a minha solidão e a sabedoria de Deus.


[Por Walflan de Queiroz]

domingo, 19 de junho de 2011

Empresário Helder Cortez uma presença marcante em Assu



O blog fez uma rápida visita aos blogs e outros sites da rede social em atividade em Assu, procurando se inteirar da participação social dos fiéis, religiosos e cristãos, que dignificaram com suas presenças, o evento do almoço do padroeiro São João Batista.

Observamos que a classe politica esse ano ficou um tanto equidistante, salve-se raríssimas presenças.

Entre os empresários destacamos a presença de Helder Cortez e familia, pousando ao lado da sua simpática Sandra Regina e filha.

Quem desejar ver todo um facebook da festança beneficente, acesse o site Tok de Classe do colunista Marcos Henrique... Grande trabalho, merece parabéns!

[Escrito por Aluízio Lacerda]

ORGULHO

És orgulhoso altivo. Também eu.
Nem sei bem qual de nós o será mais,
as nossas forças são rivais:
...se é grande o teu poder, maior é o meu.

Tão alto anda este orgulho! Toca o céu.
Nem eu quebro nem tu. Somos iguais.
Cremo-nos inimigos. Como tais
nenhum de nós ainda se rendeu.

Ontem, quando nos vimos frente a frente,
fingiste bem esse ar indiferente...
e eu, desdenhosa, ri, sem descorar...

Mas que lágrimas devo aquele riso!
E quanto, quanto esforço foi preciso
para, na tua frente, não chorar !

Virgínia Victorino, uma das maiores vozes da poesia portuguesa

Dirceu convoca blogueiros contra “grande mídia”

Ao participar do Segundo Encontro Nacional de Blogueiros Progressistas, o ex-ministro José Dirceu convocou os blogueiros a se mobilizarem e somarem forças para o embate contra os grandes veículos de comunicação. De acordo com o ex-ministro – que se considera “o grande alvo da mídia” nos últimos dez anos –, existe uma “disputa política do direito de informar” e uma disputa comercial pela verba publicitária do governo.

“É reserva de mercado, não querem nos dar o direito de informar, querem desqualificar os blogs”, afirmou Dirceu a um auditório lotado por cerca de 200 blogueiros. Dirceu defendeu a urgente regulamentação dos meios de comunicação, a concretização do programa nacional de banda larga e a aprovação do projeto de lei 116/10, que institui novas regras para o mercado de tevê por assinatura.

“É uma vergonha que isso (a regulamentação) não seja realidade. Não é de interesse de alguns grupos (de comunicação) que estão sendo contra o progresso, eles querem manter o monopólio da informação”, criticou. Ele ainda desafiou o Congresso a aprovar a nova lei. “Se o Poder Legislativo é soberano e autônomo, ele fará a reforma (dos meios de comunicação)”.

Num tom que lembrava o ex-líder estudantil que lutou contra a ditadura militar, Dirceu prometeu unir-se aos blogueiros no embate contra os grandes meios de comunicação. “Se não travarmos essa batalha, ela não será travada. É hora de dar um grande salto, partir pra mobilização. Estou disposto a travar essa luta junto com vocês”.

Do Estadão

[Do Blog de Jyscelino França]

[Do Blog de Juscelino Franca] 


A Vida é...

A vida é uma oportunidade, aproveite-a.
A vida é beleza, admire-a.
A vida é felicidade, deguste-a.
...
A vida é um sonho, torne-o realidade.
A vida é um desafio, enfrente-o.
A vida é um dever, cumpra-o.
A vida é um jogo, jogue-o.
A vida é preciosa, cuide dela.
A vida é uma riqueza, conserve-a.
A vida é amor, goze-o.

A vida é um mistério, descubra-o.
A vida é promessa, cumpra-a.
A vida é tristeza, supere-a.
A vida é hino, cante-o.
A vida é uma luta, aceite-a.
A vida é aventura, arrisque-a.
A vida é alegria, mereça-a.
A vida é vida, defenda-a.


Madre Teresa de Calcutá

SÉRIE ANTIGAS PROPAGANDAS DA POLITICA POTIGUAR


Candidatura para vereador de Ipanguaçu.

sexta-feira, 17 de junho de 2011

ASSU O MAIS ANTIGO E MELHOR SÃO JOÃO... PARTICIPE


SEGREDOS

Todos nós temos Segredos
entre os nossos dedos
no coração fechados
para jamais serem revelados

Todos nós temos Segredos
que podem ser erros
que podem ser venenos
que podem ser terrénos

Todos nós temos Segredos
de emoções maravilhosas
de recordações espantosas
de coisas orgulhosas

Todos nós temos Segredos
que podemos revelar
Todos nós temos Segredos
que connosco irão para sempre ficar.



Elisabete M.
6/05/2011






quinta-feira, 16 de junho de 2011

MULHER

Misterioso ser,
Capaz de se transformar
E da sua vida dar
...Para os filhos não perder,

Não houve ainda neste mundo,
Nenhum homem
Que consiga desvendar,
Os segredos que a mulher possa guardar
E o seu anseio mais profundo.

A História conta as suas lutas,
Para no mundo ter um lugar,
Conquistas após conquistas
E muito amor para dar.

Que seria do mundo sem este ser?
Que seria dos Adãos sem as suas Evas?
Pobres, coitados, sós e sem ver,
Porque o mundo andaria nas trevas

Mulher,
Deusa,
Mãe, e escrava, são as várias cara de um só ser,
Que para os filhos não perder,
Às vezes, até o corpo tem de vender…

14/06/2011
Paulo Pascoal


Por João Lins Caldas

Coração malsinado das torturas,
Coração de mulher sem amor ter,
Goza um pouco a ventura de querer
Que este gozo é maior que outras venturas.


Tens, como as dores que hoje tens seguras,
Do amor a porta sem poder se erguer.
Ah! Que ventura se ilusões, das puras.
Hoje pudesse, coração, conter!


Mas não! Que o gelo que dá vida à morte
É o mesmo gelo que campeia forte
Nesse teu seio onde batalha a dor...

És para o tédio e para o mal nascido...
Muda essa sorte, coração ferido,
Abre essa porta para o meu amor!...


Sei dos teus novos amores  Tudo timtim por timtim;  Dizes, que tal... e que não;  Eu sei, que tal... e que sim.  Sei que déste aos teus...